Por Secretariado Vocacional Redentorista Em Notícias

São João Neumann: persistência em favor da vocação

Para começar bem o ano, vamos trazer um pouco da história de dois missionários que fizeram história na Congregação do Santíssimo Redentor por vivenciarem profundamente a vocação redentorista. Esta semana você conhecerá um pouco sobre São João Neumann e na semana que vem sobre o Beato Pedro Donders.

Foto de: reprodução

No dia 5 de janeiro, os redentoristas de todo o mundo celebram São João Neumann. Nascido em 1811, onde hoje é a República Tcheca, João entrou para o seminário com aproximadamente 20 anos. Estudou filosofia e teologia, e possuía o dom das línguas, pois falava tcheco, alemão e inglês, entre outros idiomas.

Quando terminou seus estudos, no entanto, João teve uma surpresa: o bispo local decidiu que não haveria mais ordenações lá. Certo de sua vocação para o sacerdócio e para o trabalho com o povo, o jovem embarcou de navio para os Estados Unidos da América onde, enfim, pode ser ordenado padre.

Nos EUA conheceu os redentoristas, que também haviam chegado ao país há pouco tempo. João sonhava viver em comunidade e ingressou, então, na Congregação Redentorista. Distinguiu-se pelo atendimento aos necessitados, principalmente aos imigrantes, devido à facilidade em se comunicar em outras línguas.

Foi bispo da Filadélfia e continuou com seu espírito missionário, trabalhando em favor das periferias e comunidades rurais. Faleceu em 1860. Em 1977 se tornou o primeiro santo canonizado que trabalhou na América do Norte. Como São João Neumann, sejamos persistentes em nossa vocação!

Seja o primeiro a comentar

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Anterior
Próximo
Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Secretariado Vocacional Redentorista, em Notícias

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.