Por Secretariado Vocacional Redentorista Em Notícias

Testemunho Vocacional: padre Anchieta Tavares

Dessa vez, quem nos conta um pouco de sua história vocacional é o padre Anchieta Tavares. O redentorista hoje atua na equipe das Santas Missões Redentoristas.

Foto de: arquivo pessoal

Missão em Mineiros-GO, em junho de 2013

1- Com quantos anos teve o primeiro contato com os redentoristas e aonde?

Com 16 anos. Em Garça-SP

2- Com quantos anos entrou para a congregação como seminarista? Quanto tempo ficou na formação?

Entrei aos 24 anos e fiquei na formação por 9 anos.

3- Como você percebeu que tinha vocação para a vida missionária?

Através da convivência com os Missionários Redentoristas, na Paróquia de são Pedro, em Garça-SP.

4- Quais são os principais desafios para se aceitar o chamado á vida religiosa?

Desapego, convivência, os Votos, entrega de toda a vida pela vida toda, as mudanças, renovações, atualizações e fidelidade vocacional.

Foto de: arquivo pessoal

Visita aos doentes nas comunidades rurais

5- O que mais te encanta na vida missionária?

Não trato como encanto, mas sim motivação. O que mais me motiva é caminhar com o povo carente, evangelizar e deixar-se evangelizar e ser discípulo missionário.

6- Qual a importância da família e dos amigos durante todo o processo vocacional?

Família, quando bem estruturada, é a primeira coluna de sustentação. Os amigos, com os quais se pode pensar em voz alta, são a segunda coluna de sustentação. E sempre pude contar com essas duas colunas.

1 Comentário

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Anterior
Próximo
Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Secretariado Vocacional Redentorista, em Notícias

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.