Por Redação A12 Em Notícias

Carnaval e fé: Vila Maria apresenta sinopse do enredo do carnaval 2017

A escola de samba, Unidos de Vila Maria, apresentou em sua quadra na noite da ultima terça-feira (19) a sinopse do enredo para o carnaval 2017.

A agremiação pretende contar no Sambódromo a história dos 300 anos da aparição da imagem milagrosa no rio Paraíba do Sul. O título do enredo é “Aparecida, a Rainha do Brasil. 300 anos de amor e fé no coração do povo brasileiro”, desenvolvido pelo carnavalesco Sidnei França.

 

Na ocasião estiveram presentes a diretoria da escola de Samba e autoridades eclesiais. O reitor do Santuário Nacional de Aparecida levou até a quadra da escola uma réplica da Imagem de Nossa Senhora Aparecida.

“Para o Santuário Nacional a parceria com a escola de samba é algo importante dentro do contexto da celebração dos 300 anos. A imagem de Nossa Senhora Aparecida além de ser um patrimônio da fé do povo brasileiro é também um patrimônio cultural. (...) Queremos atender ao pedido do Papa Francisco de ser uma Igreja em saída, indo ao encontro da sociedade e sabemos que o carnaval no Brasil é um grande evento cultural”, afirmou o reitor.

Uma comissão da Arquidiocese de São Paulo e do Santuário Nacional está acompanhando o processo de construção do samba-enredo, para que a história seja contada com fidelidade.

O reitor explicou que já foram feitas várias reuniões preparatórias com membros da escola. “Um grupo de pesquisadores da escola esteve no Santuário por várias vezes, fizeram visita monitorada, leram vários livros, visitaram o Museu, conversaram com pessoas e já iniciaram o processo de elaboração do samba-enredo”.

O bispo auxiliar da Arquidiocese de São Paulo, Dom Devair Araújo da Fonseca, que também esteve presente na cerimônia, explicou que a Escola Vila Maria procurou tanto o Santuário Nacional de Aparecida quanto a Arquidiocese de São Paulo para uma liberação e acompanhamento do seu samba-enredo.

“Isso demonstra o respeito que a escola tem pela memória religiosa do povo brasileiro, do povo católico, não querendo fazer algo que desagrade. Nosso acompanhamento se dá no sentido de fornecer informações e fazer correções se necessárias (...). Muitas pessoas tem receio se é possível que se faça um samba-enredo, um desfile com um tema tão importante para a memória religiosa do povo. Mas é possível sim. A cultura e a religião se aproximam. A beleza e a arte podem ser uma forma de expressão da memória e do pensamento religioso sim, guardando o respeito e as situações que não ofendem as pessoas”, afirmou o bispo auxiliar.

Segundo o carnavalesco, Sidnei França, toda comunidade de Vila Maria aguarda com muita expectativa o carnaval de 2017.

“A escola está iluminada, não só pelo carnaval e brilho das fantasias e de tudo que permeia as escolas de samba, mas pela magia e mística que envolve a imagem de Nossa Senhora Aparecida”.

Preparação para o carnaval

O carnavalesco explicou que o tema dos 300 anos da Imagem de Nossa Senhora Aparecida já foi definido há dois anos e que a escola já vem trabalhando em uma pesquisa profunda e embasada.

“Há um mês estamos traduzindo essa pesquisa em carnaval. Neste momento estou desenhando todas as fantasias e todos os carros alegóricos que vão ilustrar plasticamente como esta história será contada”, explicou.

 

Faremos um desfile extremamente respeitoso (...). Tenho consciência que a Imagem de Nossa Senhora Aparecida está presente no coração de cada devoto.

Sidnei França adiantou que na avenida a escola quer oferecer preces a Nossa Senhora Aparecida e que o desfile terá seis grandes momentos.

“Para que a comunidade e os compositores entendam como essa história será contada a minha proposta é que a escola ofereça preces à Aparecida. Cada um destes seis momentos será uma prece da Unidos de Vila Maria a Nossa Senhora Aparecida, para que ela olhe por todos e nos atenda”, afirmou.

O carnavalesco assegurou que a agremiação tem um forte compromisso com a veracidade da história que será contada no sambódromo e que farão um desfile respeitoso.

“A Unidos de Vila Maria e, eu como carnavalesco, temos um compromisso com a Igreja de não expor, desmerecer a confiança que nos foi oferecida. Faremos um desfile extremamente respeitoso (...). Tenho consciência que a Imagem de Nossa Senhora Aparecida está presente no coração de cada devoto e temos que fazer por valer essa confiança”, concluiu.

2 Comentários

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Redação A12, em Notícias

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.