Por Santuário Nacional Em Notícias Atualizada em 05 NOV 2018 - 08H55

Cine Padroeira conta a história da Mãe Aparecida em 3D

Você sabia que no complexo do Santuário Nacional existe um cinema dedicado à história de Nossa Senhora Aparecida?

O Cine Padroeira faz parte das atrações do Memorial da Devoção Nossa Senhora Aparecida. A tecnologia que leva os expectadores para dentro da história de Nossa Senhora Aparecida é semelhante à utilizada na festa de abertura das Olimpíadas do Rio de Janeiro, em 2016.

O filme, feito exclusivamente para o Cine Padroeira, conta a trajetória de fé e devoção à Padroeira do Brasil, desde o encontro da imagem nas águas do Rio Paraíba até os dias atuais, com a construção do Santuário Nacional.

A exibição é feita com dez projetores laser de alta definição, que exibem imagens simultâneas em cinco telas especiais. O sistema cria efeitos holográficos em 3D, sem a necessidade do uso dos óculos conversores, retratando personagens históricos e os milagres atribuídos a Santa.

A projeção tem 15 minutos de duração e foi gravada em 4k (ultra HD) para interagir com o espaço, que é ambientalizado como parte do cenário. Um sistema de som de última geração completa a experiência multimídia.

O Cine Padroeira tem capacidade para 150 pessoas e está localizado no Memorial da Devoção Nossa Senhora Aparecida. O espaço funciona de segunda a domingo e os devotos ainda têm a possibilidade de conhecer o Museu de Cera e completarem a experiência sobre a história da Padroeira do Brasil. Para mais nformações sobre o Memorial da Devoção, clique aqui.


O Filme

A obra 'A História de Nossa Senhora Aparecida' foi dirigida por Del Rangel, veterano na teledramaturgia brasileira e responsável por clássicos como: “Cambalacho”, “Bebê a Bordo” e “Os Maias”. Com mais de 20 produções no currículo, o diretor já trabalhou em novelas, especiais, séries e minisséries para emissoras como Globo, SBT, Record e Bandeirantes. A produção ainda conta com a direção de arte de Daniela Androvandi e fotografia de Rodrigo Carvalho. Na trilha sonora, a clássica canção “Romaria”, do compositor Renato Teixeira.

Fonte: INTEGRAPRESS

1 Comentário

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Anterior
Próximo
Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Santuário Nacional, em Notícias

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.