Por Priscila Ferreira Em Notícias Atualizada em 11 NOV 2019 - 09H26

Romaria das Comunidades Negras une fé, busca por políticas públicas e justiça

Com o tema “Mãe Negra Aparecida, ajude-nos a restituir o direito, liberdade na justiça e no amor” a 23ª Romaria das Comunidades Negras aconteceu neste sábado, dia 9, no Santuário Nacional de Aparecida.

O Bispo referencial da Pastoral Afro - Brasileira, Dom Zanoni Demettino de Castro,  relembra que a missão da igreja é a evangelização e  em meio a tantos desafios como à ameaça aos povos indígenas, quilombolas, o extermínio da comunidade negra e a perda de direitos uma notícia boa somos chamados a dar:

“evangelizar não é só um verniz superficial, mas fazer com que a vontade de Deus, o novo céu e uma nova terra se realize. Nós como afrodescendentes, não como objetos, mas, sobretudo como sujeitos protagonistas, acreditamos como nos ensina a mãe Aparecida, nessa gestação do novo. É vontade de Deus, mas exige a vontade humana também.“

Maria José faz parte da Pastoral Afro- Brasileira há 17 anos e nesse tempo participa da Romaria das Comunidades Negras. Para ela a Pastoral Afro luta pelo povo, por políticas públicas, mas sem deixar de lado a alegria e deixa o convite a todos. : “É uma pastoral muito alegre que louva ao senhor com toda a alegria, com suas cores de roupa, de danças. Como diz a palavra de Deus : 'louvai ao senhor com todos os seus instrumentos, com seu corpo, com sua dança.' É só alegria. Vem participar, procure a sua paróquia e veja se lá tem a pastoral Afro-Brasileira.

Veja a galeria:


6 Comentários

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Anterior
Próximo
Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Priscila Ferreira, em Notícias

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.