Por Polyana Gonzaga Em Notícias

Paixão de Cristo: silêncio e contemplação no Santuário Nacional

Tomados pela mais profunda emoção, milhares de peregrinos de Nossa Senhora acompanharam a Celebração da Paixão, na tarde desta sexta-feira santa, no Santuário Nacional de Aparecida.

Celebração da Paixão 2016 Foto: Thiago Leon

Foto: Thiago Leon

 

A ação litúrgica foi presidida pelo Cardeal Arcebispo de Aparecida, Dom Raymundo Damasceno Assis, acompanhado por Missionários Redentoristas, que prostraram-se diante do Altar, em sinal respeitoso de piedade

A sexta-feira santa é um dia de recolhimento, meditação, agradecimento, contemplação de Jesus morto na cruz, enquanto aguardamos a celebração da ressurreição na noite da Páscoa.

O Cardeal ensinou aos fiéis que o centro da celebração de hoje é a cruz de Cristo, símbolo e ponto culminante do amor de Cristo por nós.

“Numa sociedade tão agitada e dispersa, tão individualista e egoísta, tão cheia de si, a Igreja nos convida, particularmente, neste dia, a valorizar o silêncio, e a contemplar o Cristo pregado na cruz, imagem de um homem, não de um homem qualquer, mas do Filho de Deus, que entregou sua vida por nós”, afirmou Dom Damasceno.

Dom Damasceno explicou que a cruz foi a condição pela qual Jesus mostrou o seu amor e é caminho para nos unir a Ele e chegar a plenitude da vida.

“Neste Ano Santo da Misericórdia, a Sexta-Feira Santa tem um papel importante como expressão máxima de misericórdia entranhável de Deus. Uma misericórdia que se mostra ao entregar a Mãe de Jesus a todos nós, como nossa mãe. Uma misericórdia que se manifesta dando sua vida por todos nós, até a última gota do seu coração traspassado pela lança. Tenhamos em nossa casa a imagem do crucifixo e não nos envergonhemos de levá-lo conosco para que nunca nos esqueçamos desta expressão máxima do amor para comigo e para com toda a humanidade”, completou.

Em silêncio, a cruz foi apresentada aos fiéis. Em um breve instante da Adoração, os peregrinos foram convidados a beijar a Santa Cruz.

Após a celebração, fiéis e representantes do clero deixaram o altar em silêncio e se concentraram no pátio do Santuário, para a Procissão do Enterro.

2 Comentários

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Polyana Gonzaga, em Notícias

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.