A12

A comunicação de Deus nas Sagradas Escrituras e no hoje de nossa história

Enviar por e-mail

Preencha todos os campos adequadamente.

Enviando...

Ocorreu um erro no envio:

-

Preencha todos os campos adequadamente.

Enviando...

Ocorreu um erro no envio:

estudar_a_biblia1

“De muitas maneiras Deus falou aos homens no passado através dos profetas. Agora nesses tempos que são os últimos falou-nos através de seu filho Jesus”. (Hebr 1,1)

A essência de Deus é a comunicação. Comunicando Ele se revela aos seres humanos ao longo dos tempos. E o lugar por excelência desta comunicação de Deus são as Sagradas Escrituras. Ao longo dos textos bíblicos do Antigo e do Novo Testamento Deus vai se comunicando com os homens e ao se comunicar vai se revelando. Revelar-se é tirar o véu, é dar a conhecer.

O nosso conhecimento de Deus, porém, é imperfeito e, por isso, a iniciativa de se mostrar aos seres humanos é Dele. A cada passo da história humana que é ao mesmo tempo história da salvação, os seres humanos foram conhecendo-o melhor e lhe dando certos atributos com características humanas. Isso ajudou os homens a se aproximarem de Deus. O primeiro passo de sua comunicação é a própria criação, pois o Espírito de Deus se comunica e do caos tira a ordem e a perfeição do universo. Deus se comunica, Deus fala e o “faça-se” acontece!

:: Deus se comunica pela Palavra
:: Entrevista: Ir. Diego Joaquim fala sobre vocação e comunicação

Depois, graças aos patriarcas e profetas ficamos conhecendo outros atributos de Deus. Ele é chamado de “o Deus de nossos Pais”, depois conhecido como “senhor dos exércitos”, o “Deus dos vivos e dos mortos” e vários outros atributos. Dar um nome tem o sentido de apropriação, de proximidade e os seres humanos vão percebendo que não estão sozinhos no universo, mas têm um Deus junto de si que se faz companheiro de caminhada e conversa com o povo.

A comunicação de Deus atinge o seu ápice em Jesus Cristo, a perfeita revelação de Deus. Ele é a Palavra de Deus encarnada, a mesma palavra usada por Deus na criação. Ele é o “faça-se” de Deus.

Falando agora da comunicação humana, sabemos que ela não é perfeita. Para que ela seja completa não pode haver nenhum tipo de ruído ou de obstáculo entre aqueles que são parte do processo de comunicação. E isso muitas vezes também acontece na comunicação com Deus, mas não por culpa Dele. São os seres humanos que criam os obstáculos ou ruídos e isso provoca a ruptura com a Aliança proposta por Deus. Estes ruídos na comunicação podem ser chamados de pecado, sendo que a forma suprema de pecado é a infidelidade do ser humano para com Deus.

comunicacaoMas novamente Deus toma a iniciativa de se comunicar, de restabelecer a ligação e age salvando os seres humanos, não poupando o seu próprio Filho, entregando-o à morte para nos resgatar.

Em Jesus Cristo, a partir de sua ressurreição, a Igreja torna-se o novo povo de Deus liberto e salvo. A Igreja deve ser um povo sacramento, passando adiante a comunicação de Deus. Somos, como Igreja, impelidos a comunicar “sobre os telhados” a Boa Nova da redenção em pleno século XXI, sabendo que de cada três pessoas do mundo hoje, duas nunca ouviram falar de Jesus Cristo.

No hoje de nossa história precisamos ser a atualização da comunicação de Deus.

 


Comentários (0)



Carregando Comentários
0 caracteres