Por Victor Hugo Barros Em Notícias Atualizada em 08 AGO 2019 - 09H27

2º semestre marca período de maior movimentação no Santuário Nacional

Thiago Leon
Thiago Leon

O segundo semestre é, tradicionalmente, o período de maior movimento do ano no Santuário Nacional de Aparecida. Historicamente, o período concentra 60% do número de romeiros que visitam o maior centro de peregrinações da América Latina.

Leia Mais Pontos Turísticos em Aparecida10 pontos turísticos do Santuário Nacional que você precisa conhecerO início do fluxo intenso acontece em julho, mês de férias escolares. Durante esse período, muitas famílias realizam peregrinações à Basílica de Aparecida.

Esse aumento pode ser sentido até mesmo durante os dias úteis, que nos primeiros meses do ano são habitualmente menos frequentados. Aos fins de semana, o crescimento na visitação é ainda mais visível, quando os espaços de celebrações ficam mais lotados.

A Romaria da Família Campanha dos Devotos, que aconteceu nos dias 12 e 13 de julho, marcou a abertura da temporada de movimentação. Para marcar a peregrinação, diversas atividades foram realizadas no maior templo dedicado à Virgem Maria no mundo.

Entre elas, uma apresentação musical realizada pela primeira vez no interior da Basílica, em um palco montado abaixo do Nicho da Imagem. Os cantores Daniel, Padre Antonio Maria e Mariângela Zan conduziram as homenagens, junto dos artistas mirins Yasmin Giacomini e Guilherme Martinez.

Além disso, celebrações litúrgicas e momentos oracionais deram o tom da Romaria. Uma tenda, preparada especialmente para acolher os devotos, animou os participantes.

Também em julho, durante a primeira semana do mês, além de grandes romarias de dioceses e arquidioceses brasileiras, um grupo de Macau, no Sul da China, visitou a Basílica da Padroeira do Brasil. Cerca de 40 peregrinos integraram o grupo, que também visitou outras sete cidades de nosso país, visitando diversos templos católicos.

“A peregrinação aos santuários brasileiros seria incompleta se não viéssemos a Aparecida. É impossível ser católico no Brasil e não ir a Aparecida”, destaca o padre Daniel Ribeiro, sacerdote brasileiro, ligado à Congregação Dehoniana. Desde setembro de 2014, o religioso, que liderou a romaria, trabalha no país mais populoso do mundo junto de outros membros de sua família religiosa.

Para acolher o grande número de peregrinos, além das atividades religiosas, o turismo religioso também ganhou um novo impulso com a inauguração do Trem do Devoto e do Pedalinho Devotos Mirins, no último dia 05 de julho. Situados respectivamente no Caminho do Rosário e na Cidade do Romeiro, os espaços auxiliam na evangelização por meio da acolhida.

Os novos empreendimentos se somam a outros espaços de visitação do Santuário, como o Porto Itaguaçu, o Museu Nossa Senhora Aparecida, a Cúpula, o Memorial da Devoção e os Bondinhos Aéreos. Ligando espaços do complexo turístico-religioso ou contando a história de Aparecida, os atrativos ajudam o peregrino a fomentar ainda mais sua devoção à Padroeira do Brasil, seja em períodos de baixa ou alta movimentação.

Seja o primeiro a comentar

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Anterior
Próximo
Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Victor Hugo Barros, em Notícias

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.