Por Dante Aragón Em Crescendo na Fé

Maria é o auxílio de que precisamos!

TV Aparecida
TV Aparecida


Como cristão, batizado, filho de Deus, filho da Igreja e apóstolo, não posso entender meu caminho de santidade sem Maria, Nossa Senhora. Como dizia no começo do século XX o Santo Papa Pio X:

“Não há caminho mais seguro e plano do que Maria para chegar a Cristo, a Ele unir-se e obter por seu intermédio a perfeita adoção de filhos”.

Maria era chamada “auxiliadora” pelos primeiros cristãos. Tanto assim que os dois títulos que aparecem em antigos monumentos no Oriente são: Mãe de Deus (Teotókos) e Auxiliadora (Boetéia, que mais especificamente quer dizer “a que traz auxílios vindos do Céu”).

Santos como São João Crisóstomo, São Sabas e São Sofrônio a chamavam com este título, sendo São João Damasceno o primeiro a propagar a jaculatória:

“Maria Auxiliadora, rogai por nós”.

Shutterstock
Shutterstock


Sua festa surgiu no tempo da
Revolução Francesa, pois estando prisioneiro Pio VII do imperador francês Napoleão Bonaparte, dedicou este Papa suas orações a Maria Auxiliadora, para que protegesse a Igreja.

Foi numa aparição a São João Bosco que esta devoção tomou forma. Dom Bosco dizia:

“No Céu ficaremos gratamente surpresos por conhecer tudo o que Maria Auxiliadora tem feito por nós na terra”.

No contexto atual de pandemia, temos que lembrar que é Ela quem nos sustenta nos tempos difíceis. Ela, que fez silêncio e guardou todas as coisas importantes no seu coração, está intercedendo por cada um de nós neste tempo de quarentena, de incertezas e de sofrimento em que vivemos.

Leia MaisTer Nossa Senhora como melhor amiga é o melhor presente!Qual o valor da devoção a Nossa Senhora?

Por fim, reparemos que o título deste artigo inclui as palavras “auxílio de que precisamos”, pois o que precisamos vem de Deus“Deus coopera em tudo para o bem daqueles que O amam” (Rm 8, 28).

Certamente Deus não nos faz mal, porque Deus é bom e fiel a Si mesmo, e não provoca o mal, mas Ele o permite. Isto que é um mistério e, muitas vezes, nos custa compreendê-lo; e isto é, precisamente, o que precisamos pedir para Nossa Senhora:

Santa Maria, ajuda-me a compreender esse auxílio que Teu Filho Encarnado, nosso Redentor e Reconciliador, nos outorga a todo momento!

Escrito por
Dante Aragón (Arquivo Pessoal)
Dante Aragón

Dante Aragón, nasceu no Perú, é administrador, mestre em psicologia, especialista em antropologia cristã e participa do Movimento de Vida Cristã em Petrópolis (RJ), desde 2003

Seja o primeiro a comentar

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Jovens de Maria, em Crescendo na Fé

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.