Por Cankin Ma Lam Em Crescendo na Fé Atualizada em 10 JUL 2020 - 13H54

Por que participar da missa na Igreja, se podemos fazer isso em casa?

Shutterstock
Shutterstock


Talvez a pergunta precise ser explicada melhor. Ela pode trazer algumas ideias certas e outras bastante inexatas. Se a pergunta for, de forma muito pontual, referida a ir à
Missa de Domingo, como costumávamos fazer antes do contexto de pandemia/quarentena, é fácil responder que sim: o cristão é chamado a celebrar o mistério central da fé e ser renovado pelos Sacramentos sobretudo na participação da Missa no Dia do Senhor. Evidentemente, quem se encontrar num grupo de risco é convidado a esperar mais um pouco para voltar a participar na Missa.

Agora, se consideramos outras perguntas e reflexões que a pergunta inicial pode trazer (na medida em que não for formulada simplesmente por preguiça, digamos), o Compêndio do Catecismo norteia tal reflexão e traz quatro perguntas que iluminam a celebração da fé, isto é, a Liturgia: Quem celebra? Como celebrar? Quando celebrar? Onde celebrar?

Thiago Leon
Thiago Leon


Leia MaisO que significa dizer que Jesus está “fisicamente” presente na Eucaristia? Comunhão espiritual. Você sabe o que é e como participar?Um segredo para não perder a esperança: Não se afastar da fonte!

QUEM

De forma brevíssima e pensando no que o contexto atual demandou de nós, podemos observar alguns pontos. Quem celebra é a Igreja viva, a comunhão dos fiéis unidos pelo Batismo, o que nos faz partícipes da Páscoa de Cristo.

Assim, o preceito de "santificar o Dia do Senhor", ainda que num contexto adverso (como o recente), pode ser cumprido pelos batizados através dos diversos meios que santificam o tempo e a realidade toda: meditar a Palavra de Deus, rezar o terço, viver a caridade, etc.

A12
A12


COMO

Quanto ao "como celebrar", pode ser observado como "a celebração litúrgica é tecida de sinais e de símbolos" (Compêndio, 236) e que "ações e palavras estão intimamente ligadas" (Compêndio, 238). Daqui podemos deduzir a diferença entre acompanhar uma Missa on-line (que é uma prática ótima para quem estiver impedido de participar na Missa, como vem sendo nossa situação nos últimos meses) e participar da celebração da Missa.

Isto evidencia que, se bem seja o sacerdote a presidir a celebração, é a Igreja viva a que celebra os sacramentos. Embora não seja tão evidente, nossa participação na Missa supera a de um espectador passivo, por mais que alguém possa pensar que participar da celebração de Missa e acompanhá-la on-line seja o mesmo. 

QUANDO

Sobre o "quando", já foram ditas algumas ideias ao referir o Dia do Senhor e a missão dos cristãos de santificar o tempo.

Thiago Leon / Poliana
Thiago Leon / Poliana


ONDE

Finalmente, com relação ao "onde" celebrar, fica claríssimo que ir na igreja-templo (assim que for prudente retomar) tem um valor imenso. Se bem que os batizados saibam que "Cristo é o verdadeiro templo de Deus" e que Nele, "os cristãos e toda a Igreja se tornam, sob a ação do Espírito Santo, templos do Deus vivo", ainda assim, na nossa condição terrena temos "necessidade de lugares nos quais a comunidade se possa reunir para celebrar a liturgia" (Compêndio, 244). O Compêndio (245) explica que os edifícios sagrados "são as casas de Deus, símbolo da Igreja que vive num lugar e também da morada celeste. São lugares de oração, nos quais a Igreja celebra sobretudo a Eucaristia e adora Cristo realmente presente no tabernáculo".

Escrito por
Cankin Ma 2020 (arquivo pessoal)
Cankin Ma Lam

Nascido no Equador, filho de pai chinês é apóstolo de plena disponibilidade no Sodalício de Vida Cristã. Atualmente faz caminho ao sacerdócio e estuda teologia na Universidade Católica de Petrópolis.

Seja o primeiro a comentar

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Jovens de Maria, em Crescendo na Fé

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.