Por Jovens de Maria Em Notícias Atualizada em 20 NOV 2019 - 13H25

A Igreja Católica na luta contra o racismo

O dia 20 de Novembro é dedicado à Consciência Negra, em referência à morte de Zumbi dos Palmares. Não só hoje, mas sempre é importante refletir sobre o racismo.

Shutterstock/ Fizkes
Shutterstock/ Fizkes


A escravidão, as teorias raciais no final do século XIX e XX tiveram como consequência a intolerância por parte da sociedade. Apesar de séculos terem se passado, o racismo ainda não foi superado por parte da sociedade.

Não é à toa que o Papa Francisco já se pronunciou em conferências, reuniões e pelas redes sociais sobre o assunto. Olha esse tuíte sobre intolerância:

“É preciso superar todas as formas de racismo, de intolerância e de instrumentalização da pessoa humana”.

Shutterstock/ View Apart
Shutterstock/ View Apart

Diante de tantas notícias de racismo, como as que aconteceram no futebol internacional, quando as torcidas de alguns times imitaram sons de macacos quando jogadores negros estavam com a posse de bola, é importante retomar o significado do termo.

Segundo o dicionário da língua portuguesa "Priberam", racismo é "[...] a atitude hostil ou discriminatória em relação a um grupo de pessoas com características diferentes, notadamente etnia, religião, cultura, etc." 

Shutterstock/ Vitalii Vitleo
Shutterstock/ Vitalii Vitleo


A Igreja se posiciona contra o racismo porque, além de ser crime, é também pecado, como nos ensinam as Sagradas Escrituras: "Mas, se tratarem os outros com parcialidade, estarão cometendo pecado e serão condenados pela Lei como transgressores. (Tiago 2,9)

Imprescindível que sigamos cada dia mais o que a Igreja nos propõe: acabar com essas atitudes racistas em nossas relações. A Arquidiocese de Aparecida, em 2017, iniciou a pastoral Afro e  naquele ano, Dom Orlando fez um pronunciamento que nos ensina até os dias atuais.

“Estamos iniciando e vendo a alegria do povo ao entender o que é uma pastoral, pois não é só reunir pessoas da mesma cor, mas é o entrosamento de brancos e negros de diversas culturas. Isso é a pastoral.”
Seja o primeiro a comentar

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Jovens de Maria, em Notícias

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.