Por Rádio Aparecida Em Notícias Atualizada em 04 MAI 2021 - 09H37

Cidades brasileiras interrompem 2ª dose da CoronaVac por falta de vacinas

Diversas cidades brasileiras, em ao menos 18 estados, suspenderam a aplicação da segunda dose da Coronavac por falta do imunizante, na última semana.

A paralisação se reflete na dependência do país pelo imunizante, já que o Governo Federal primeiramente não comprou doses de outros fabricantes, como afirma a diretora da Sociedade Brasileira de imunizações, Flávia Bravo.

"Houve atraso na decisão do governo em relação a própria Coronavac e ao ser comprada, veio uma certa quantidade para começar a vacinação, especificamente a Coronavac e a Oxford. Essas vacinas dependem muito de importação para serem produzidas até que sejam produzidas nossas próprias vacinas", disse a diretora.

Ela afirma ainda que, se houve o estudo para que duas doses fossem aplicadas, é para que elas ocorram para total imunização e devem ser aplicadas no tempo estipulado para cada dose e imunizante.

Assista em 24:14

Seja o primeiro a comentar

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Rádio Aparecida, em Notícias

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.

Bem vindo!


Para completar seu cadastro, por favor, verifique seu e-mail e defina sua senha.
Caso não encontre o e-mail na sua caixa de entrada, por favor, verifique na caixa de SPAM/TRASH/LIXO ELETRÔNICO.