Por Beatriz Nery Em Notícias

Venezuelanos relatam escravidão e xenofobia em Roraima

TV Aparecida
TV Aparecida

O retrato dos venezuelanos imigrantes em Roraima continua na penúltima reportagem dos “Desafios da Igreja” por Talita Galvão. Hoje, as condições precárias de trabalho e a xenofobia dos brasileiros serão apresentadas.

O trabalho escravo é um problema recorrente nas fazendas da região. Irmã Margarete de Araujo é missionaria da diocese de Roraima e relata o que os imigrantes passam. “Eles são explorados pelos fazendeiros que se aproveitam da mão de obra barata que muitas vezes não chega nem a receber o valor da diária que custa R$50,70 e recebem R$25,30”, relata.

Leia MaisDesafios da Igreja: venezuelanos ficam em abrigos desumanos em RoraimaO desafio dos venezuelanos na busca de qualidade de vida no BrasilSérie "Desafios da Igreja" mostra realidade dos venezuelanos que cruzam a fronteira do BrasilOs ataques de xenofobia preocupam. No fim de fevereiro mais de 300 pessoas invadiram um abrigo em Mucajaí, a 50km da capital Boa Vista. Expulsaram os imigrantes do local, colocaram seus pertences na rua e atearam fogo. A invasão aconteceu depois de uma briga que deixou um brasileiro e um venezuelano mortos no município.

Para o bispo da diocese de Roraima, Dom Mário Antônio, pessoas contrárias à imigração estão aproveitando a situação para espalhar o ódio. “Isso às vezes tem atraído atenção e adesão de muitas pessoas. Talvez a xenofobia não brote do coração da nossa população como tal, mas pelos motivos ou pelas questões da violência que se propaga nas redes sociais ou nos noticiários vai alimentando uma mentalidade com desrespeito, com não aceitação, com resistência a população migrante.”

Ouça a quarta reportagem completa que foi ao ar no Notícias em Trinta:

Seja o primeiro a comentar

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Anterior
Próximo
Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Beatriz Nery, em Notícias

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.