Brasil

O Fracasso do Estado no Brasil

Fr. Rafael Peres Nunes de Lima C.Ss.R. (Arquivo Pessoal)

Escrito por Fr. Rafael Peres Nunes de Lima, C.Ss.R.

28 OUT 2021 - 08H26 (Atualizada em 28 OUT 2021 - 08H51)

helloRuby/ Shutterstock Brasil quebrado, ruptura, estado fracassado, economia, crise (helloRuby/ Shutterstock)

“Um Estado sem meios para mudar, não tem meios para se conservar”. Esta frase do pensador inglês Edmund Burke nunca foi tão atual no cenário político brasileiro.

Nos últimos tempos, vemos o fracasso do Estado tanto nas questões de combate à corrupção, como também nas questões humanitárias. Um Estado em que questões referentes à corrupção são temas de campanhas políticas, mas que, com o passar do tempo, revelam a outra face de um governo, mostra que o Estado tem fracassado num sentido ad intra (de dentro) para ad extra (para fora). Onde a busca por uma melhoria na situação de vida da população fica em segundo plano e a proteção da própria reputação se faz presente, revela um governo, um Estado que fracassou na proteção, ajuda e avanços na sociedade.

Leia MaisA polarização política no Brasil: o desastre do populismoUm Estado que não se preocupa com a população fracassou em seu dever primeiro, que é o serviço ao povo, à nação. A partir do momento em que surgem dificuldades para que o Estado realize tudo aquilo que a população espera que seja feito, mostra-se que o governo perdeu sua capacidade de liderar e já não consegue mais se conservar no poder.

Shutterstock.
Shutterstock.

Conservar o Estado é saber mudar com o passar do tempo. Adaptar-se aos novos tempos e não ficar para trás. Avanços tecnológicos, científicos e educacionais simbolizam uma conservação do próprio Estado como “aquele ponto de referência” para as pessoas que ali vivem, sob a tutela do Estado. Estar disposto ao diálogo com as demais nações e manter boas relações, é um caminho para o avanço estatal, pois garante parceiros internacionais.

Leia MaisA queda dos Ícones: Uma análise política globalPreservar a reputação do Estado é estar disposto a garantir à toda a população seus direitos básicos e indispensáveis para a sobrevivência. Garantir empregos e salários dignos e uma estrutura de ensino, saúde e segurança de qualidade mostram um Estado soberano e forte.

Portanto, o fracasso do Estado no Brasil não ocorre apenas por causa de um governo, ou de uma coligação política que esteve no comando por tanto tempo, mas é a partir do todo. Políticos do passado e que ainda estão no poder, esquecendo de avançar em suas opiniões, em seus argumentos... A velha Republica passou e o Estado necessita de novos meios para mudar, avançar e enfim, se conservar.

Escrito por
Fr. Rafael Peres Nunes de Lima C.Ss.R. (Arquivo Pessoal)
Fr. Rafael Peres Nunes de Lima, C.Ss.R.

Missionário Redentorista, Bacharel em Filosofia pela Pontifícia Universidade Católica de Campinas e estudante de Teologia no Instituto São Paulo de Estudos Superiores – ITESP.

Seja o primeiro a comentar

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Redação A12, em Brasil

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.

Bem vindo!


Para completar seu cadastro, por favor, verifique seu e-mail e defina sua senha.
Caso não encontre o e-mail na sua caixa de entrada, por favor, verifique na caixa de SPAM/TRASH/LIXO ELETRÔNICO.