Dúvidas Religiosas

Qual a diferença entre Capela, Igreja, Catedral, Basílica e Santuário?

Entenda as características de cada estrutura dos templos da Igreja Católica

Escrito por Alberto Andrade

06 JUL 2022 - 16H23 (Atualizada em 11 JUL 2022 - 11H04)

Thiago Leon

Com mais de 2000 anos, a Igreja Católica Apostólica Romana tem uma rica história, e até hoje influencia o mundo em que vivemos. Para se ter uma ideia, hospitais, leis e até a divisão da América do Sul entre espanhóis e portugueses ocorreram pela intervenção da Igreja.

Leia MaisViagem Cultural mostra templos religiosos em Israel

Para acolher fiéis de todos os lugares, a Igreja se estrutura de acordo com as principais características de cada comunidade. Por isso, possui templos de nomes e características variadas.

Cada templo tem uma funcionalidade específica, e é justamente por meio destes detalhes é que os nomes dos templos são definidos.

Vamos explicar estas diferenças!

Thiago Leon
Thiago Leon

Capela

Iniciamos esta explicação com a mais simples das estruturas. A capela nada mais é do que um pequeno templo católico usado para a celebração de missas ou outros ritos.

Existem capelas que estão dentro de fazendas, universidades e hospitais, por exemplo. Normalmente, não há um Sacerdote responsável por uma capela, mas, nas raras ocasiões em que ele existe, esse padre é chamado de “capelão”.

Esse termo é tem origem em São Martinho de Tours, que era militar e usava uma capa. Diz a tradição que ele encontrou um mendigo passando frio e repartiu com a espada, essa capa em duas. Então, ficaram duas capelas, ou seja, duas pequenas capas. A tradição ainda diz que Cristo lhe apareceu agradecendo com metade do manto da capa, dizendo ser o mendigo ajudado.

No Santuário Nacional de Aparecida, temos cinco capelas: Ressurreição, Capela do Santíssimo, de São José, do Batismo e das Velas, onde você pode conhecê-las acessando nesta página especial.

Igreja

A palavra Igreja é normalmente designada para o templo com qualidade de Paróquia, onde o vigário e o pároco, exercendo sua autoridade religiosa, repassa as instruções aos fiéis que estão sob sua administração. Mas como outro significado é o termo geral para definir os locais de culto e manifestações religiosas.

Thiago Leon
Thiago Leon

Catedral

A sede da Diocese ou mesmo de uma Arquidiocese. A cathedra (palavra em latim para “cadeira”) – que é a cadeira do bispo – é uma característica da catedral, pois o Bispo fica nesta cadeira ao celebrar a Missa ou outros eventos litúrgicos.

A Arquidiocese de Aparecida, composta por cinco cidades (Aparecida, Guaratinguetá, Lagoinha, Potim e Roseira), tem como catedral o Santuário Nacional, onde desde janeiro de 2017, Dom Orlando Brandes é o Arcebispo Metropolitano.

Por ser um templo de alta responsabilidade administrativa, é natural que as catedrais se destaquem pelo tamanho, servindo como ponto de referências nas grandes cidades, como a Catedral da Sé, em São Paulo, por exemplo.

shutterstock
shutterstock

Basílica

É considerada um templo católico de grande porte, com estrutura e capacidade para receber milhares de fiéis e até mesmo o Papa.

Em todo o Brasil, existem 71 basílicas. O país com mais basílicas no mundo é a Itália — 32% das 1806 basílicas que existem no planeta ficam em solo italiano.

Em um artigo publicado aqui no A12, o Padre Inácio Medeiros, C.Ss.R., falou a respeito da mudança histórica da definição do termo para o templo.

“Depois que o Império Romano se tornou oficialmente cristão, o termo “basílica” foi utilizado também para referir-se a determinadas igrejas, geralmente grandes ou importantes, às quais haviam outorgado ritos especiais e privilégios em matéria de culto. Este é o sentido usado hoje, tanto do ponto de vista arquitetônico quanto religioso”, disse.

Aliás, uma basílica só existe depois de receber autorização do líder da Igreja Católica. Em 1980, o Papa João Paulo II sagrou o Santuário de Aparecida como Basílica Menor , quando o templo está localizado fora do Vaticano, mas tem a mesma importância das conhecidas Basílicas Maiores, que estão em Roma e são ligadas diretamente ao Papa, como a Basílica de São Pedro, também conhecida como Basílica do Vaticano, que é o local do martírio do Apóstolo São Pedro, onde o Santo Padre preside as principais celebrações litúrgicas do ano.

Gustavo Cabral/ A12
Gustavo Cabral/ A12

Santuário

Igreja ou paróquia digna de apreço pelas relíquias que contém, normalmente do padroeiro de uma localidade, pela grande movimento de devotos ou sinais visíveis de grandes graças daí obtidas. 

O local ganha esse título por ser preparado e específico para a peregrinação, na busca dos sinais da experiência de fé, porque ali acolhe muitas pessoas para celebrações eucarísticas, para o atendimento sacramental, para o aconselhamento, sendo um local de afluxo de peregrinos e de romarias.

Quando o local atende a esses atributos, normalmente solicita-se ao bispo e ele concede o título de Santuário.  Hoje, o Santuário de Aparecida é um grande centro evangelizador, confiado ao zelo apostólico dos Missionários Redentoristas desde 1894, responsáveis pela pastoral e pela administração, no atendimento aos romeiros e peregrinos que chegam de todas as partes do País e do exterior.


Para o A12, o Padre Inácio explicou o porque da Igreja se organizar nesses templos:

Seja o primeiro a comentar

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Alberto Andrade, em Dúvidas Religiosas

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.

Bem vindo!


Para completar seu cadastro, por favor, verifique seu e-mail e defina sua senha.
Caso não encontre o e-mail na sua caixa de entrada, por favor, verifique na caixa de SPAM/TRASH/LIXO ELETRÔNICO.