Espiritualidade

Como amar meu inimigo?

Escrito por Laís Silva

20 JUN 2023 - 15H19 (Atualizada em 20 JUN 2023 - 16H48)

Fizkes / Shutterstock
“Vós sabeis que foi dito: ‘Amarás teu próximo e odiarás teu inimigo’. Mas eu vos digo: Amai vossos inimigos e rezai pelos que vos perseguem, para que sejais filhos de vosso Pai Celeste que faz nascer o sol para os maus e os bons e faz cair a chuva sobre os justos e os injustos” Mateus 5, 43-45

No Evangelho de Mateus, Jesus nos convida a amar o próximo, independente se ele é ou não nosso inimigo. Mas como faço para amar meu inimigo?

O Missionário Redentorista, Pe. José Luís Queimado, escreveu em um artigo para o Portal A12, uma reflexão sobre o Evangelho de Mateus, capítulo 5, versículo do 43 ao 48. E nele ele explica que o pedido de Jesus parece uma missão árdua, mas como cristãos, devemos entender que o caminho muitas vezes será árduo, mas que o amor deve prevalecer.

Como cristãos, temos de amolecer o nosso coração, amando aqueles que nos odeiam”. Leia MaisComo a Bíblia me ensina a ter empatia?

Vendo de forma superficial parece que Jesus nos pede uma missão impossível, não é mesmo? Mas se pararmos para refletir vamos entender o que Ele quer nos dizer.

Se pensarmos que nossa maior “arma” é o amor e nossa maior “ação” é a oração. Então por que não rezar por nossos inimigos? Ou rezar para que possamos alcançar a bondade de Deus e saber perdoar aqueles que nos ofendem, assim como Jesus nos ensinou?

Para amar, precisamos sempre perdoar! Mas é claro que amar não significa “fingir” um pedido de perdão. O verdadeiro perdão brota do profundo de nossas mentes e de nosso coração”, refletiu pe. Queimado.

É claro que amar nosso inimigo exige um compromisso e um entendimento muito grande sobre a Palavra de Deus, é um exercício diário, no qual devemos nos esforçar para perdoar nosso inimigo. Mas estar em constante contato com Deus também é uma atividade diária.

Todos os dias temos que reservar um momento de oração e reflexão com Deus, neste momento devemos estar com o coração aberto, pois só assim alcançaremos a maturidade de ser um verdadeiro cristão.

Seja o primeiro a comentar

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Carregando ...

Reportar erro!

Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou de uma informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Laís Silva, em Espiritualidade

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.

Carregando ...