Espiritualidade

O que fazer quando estou preocupado?

Ao confiarmos nos planos de Deus, a calmaria toma espaço em nosso coração

Escrito por Isabela Araujo

18 NOV 2022 - 16H38 (Atualizada em 27 DEZ 2022 - 15H37)

Shutterstock/ fizkes

Leia MaisQuando nos afastamos de Deus nos aproximamos do nadaSalmos para te alegrar em momentos difíceisEm meio à rotina, facilmente nos vemos apreensivos e preocupados com certas situações ou momentos, seja na vida pessoal, profissional, financeira ou em nosso mais íntimo, nos sentimentos e emoções.

Quando o medo toma conta de nosso ser, é natural que os caminhos fiquem mais estreitos e as opções para continuar seguindo pareçam não existir, nesse caso, como prosseguir?

“Entrega a Javé teu futuro, espera nele, que ele vai agir.” (Salmos 37,5)

Confiar em Deus. Parece óbvio, mas não é tanto na prática. Isso porque nos esquecemos, em meio ao caos, que o Senhor cuida de tudo, e basta dividir com Ele suas feridas para que Ele as ajude a cicatrizar.

Shutterstock/ Andrey Zhar
Shutterstock/ Andrey Zhar

Quando lembramos que há um propósito maior acima de tudo, as coisas parecem ser mais fáceis. É claro que algumas situações são mais difíceis de serem superadas e por mais que elas tenham sido divididas com Deus, não se solucionam. Nessas horas, podemos acionar os anjos que Ele nos envia.

Seja alguém de sua paróquia, um padre, amigos, familiares ou até soluções que aparecem pelo caminho, Deus providencia. Nunca no nosso tempo, nunca do nosso jeito, sempre como Ele permite e deseja.

“Não tenhas medo, pois estou contigo, não te angusties, pois eu sou teu Deuseu te fortaleço e te ajudo, eu te sustento com minha mão direita vitoriosa.” (Isaías 41,10).

Tinnakorn jorruang / Shutterstock
Tinnakorn jorruang / Shutterstock

Há batalhas em nossas vidas que não entendemos o motivo de enfrentá-las, e então refletimos o fato de que até Jesus, o mais justo dos homens, foi crucificado. Vemos então que a dor não vem de Deus, mas sendo seres livres, Ele permite a sua existência.

“Ele pode transfigurar o mal, e até nos educar através dele; mas o mal e o sofrimento não são realidades que Deus quer em si mesmas. Dito isso, é importante contemplar o mistério de como Deus, embora não o querendo, o permita." - Cankin Ma Lam, em “Se Deus é amor, por que Ele permite o nosso sofrimento?“.

Tenhamos então Deus como nosso confidente, pois ele nos ouve e nos ajuda sempre que pode. Com Ele, o caminho também terá pedras, mas é mais leve, e nEle mora a salvação.

“A existência do mal não se deve à falta de poder ou de bondade em Deus; ao contrário, Ele só permite o mal porque é suficientemente poderoso e bom para tirar do próprio mal o bem.” - (São Agostinho e São Tomás de Aquino - Suma Teológica l qu, 22, art. 2, ad 2).

Em meio ao medo, reze a oração abaixo


Seja o primeiro a comentar

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Isabela Araujo, em Espiritualidade

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.

Bem vindo!


Para completar seu cadastro, por favor, verifique seu e-mail e defina sua senha.
Caso não encontre o e-mail na sua caixa de entrada, por favor, verifique na caixa de SPAM/TRASH/LIXO ELETRÔNICO.