Por Pe. Antônio Queiroz, C.Ss.R Em Histórias de Vida

Quem semeia ventos colhe tempestades

Certa vez, um casal, após a lua de mel, foi morar na nova casa. Tudo era bonito, maravilhoso. A mulher lutava nos afazeres domésticos, entre cantigas e saudades do marido, que ia para o serviço aquecido pelo seu beijo carinhoso. Quando ele voltava, pressuroso e alegre, o cachorro, estranhando ainda o novo dono, recebia-o com latidos e mostrando os dentes, enquanto ela se apressava em vir com os chinelos para ele descansar os pés doloridos.

Os anos se passaram e os primeiros encantos também. A vida do casal entrou pela crise da rotina. Ela continuava lutando na casa, rodeada de filhos, e ele, como sempre, trabalhando na oficina. Com uma diferença: Quando ele chegava do serviço, ela o recebia de cara fechada, enquanto o cachorro corria ao seu encontro, com o par de chinelos na boca.

Intrigado, o homem foi consultar um famoso sábio e orientador de casais.

- Mestre, não entendo o que está acontecendo no meu casamento. Nos primeiros meses de casado, minha mulher me recebia todos os dias com os chinelos na mão para eu descansar os pés, e nosso cachorro me mostrava os dentes. Hoje acontece o contrário. O cachorro corre para me entregar os chinelos e a esposa me recebe rangendo os dentes. Como explicar essa mudança de atitudes?

O mestre respondeu:

- Muito simples. Houve apenas troca de papéis. Você começou a tratar bem o cachorro e a maltratar a esposa.

“O amor é paciente, é benfazejo. Não é invejoso, não é presunçoso nem se incha de orgulho... Não leva em conta o mal recebido e não é interesseiro. Tudo desculpa, tudo crê, tudo espera, tudo suporta. O amor jamais acabará” (1Cor 13,4-8).

A família é uma instituição divina. Os esposos são chamados a viver uma espiritualidade característica. O amor conjugal é um caminho para Deus.

(Fonte: Pe. Clóvis de Jesus Bovo)

Escrito por
Padre Antônio Queiróz dos Santos (Pe. Antônio Queiroz, C.Ss.R)
Pe. Antônio Queiroz, C.Ss.R

Mais conhecido como Padre Queiróz (in memoriam) recolheu ao longo de seu ministério centenas de histórias que falam de forma simples e popular da fé e das realidades do povo de Deus.

Seja o primeiro a comentar

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Anterior
Próximo
Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Pe. Queiróz, C.Ss.R., em Histórias de Vida

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.