Por Pe. André Gustavo de Sousa Em Igreja

A Espiritualidade da Alegria

“Alegrai-vos sempre no Senhor” (Fl 4,4)

alegria em Deus 

Este mês quero propor a você uma reflexão sobre a alegria como fonte de espiritualidade cristã. O nosso coração é feito para a alegria que vem de Deus, ela é fruto do seu Espírito. Quem está Nele tem alegria profunda, total e duradoura. Sua vida tem sabor, tem cor, tem luz, pois o convite à alegria está no centro de nossa experiência cristã: “Alegrai-vos no Senhor! Repito, alegrai-vos!” (Fl 4,4). É claro que a alegria não exclui a cruz. Enfrentamos provações, dificuldades e sofrimentos, porém a certeza da presença do Senhor nos enche de esperança e de alegria, pois também nesses momentos o Senhor está conosco, Ele nos ama com amor eterno.

Onde encontrar a alegria que dura para sempre? Somente em Jesus Cristo encontramos a verdadeira alegria, e nas pequenas alegrias da vida sabemos distinguir aquilo que é passageiro daquilo que é eterno. O coração alegre põe no Senhor sua confiança, busca Nele o alimento que dá força e ânimo na caminhada. Para encontrar essa alegria é preciso dedicar-se à oração, à escuta da Palavra, à Eucaristia, à vida em comunidade, pois aí está presente o Senhor nos oferecendo os dons de sua Páscoa.

 

Um coração que não dá espaço para Jesus não pode ter alegria.

Um coração que não dá espaço para Jesus não pode ter alegria. É iludido, como aquele homem do Evangelho que constrói casa sobre a areia: não resiste às dificuldades... (cf. Mt 7, 24-27) É preciso permanecer Nele, ser amigo do Senhor, fortalecer cada dia os laços de amizade com Ele. O cristão não é triste, pois encontrou Cristo que deu a vida por ele.  

Em Deus tudo é alegria, porque tudo é dom. Feliz de quem acredita na palavra de Jesus: “No mundo tereis aflições. Mas tende coragem! Eu venci o mundo!” (Jo 16, 33) e ainda: “Eis que estou convosco todos os dias, até o fim dos tempos” (Mt 28, 20) e vive na alegria da conversão, na alegria da esperança, na alegria da fé, na alegria do amor.

Vivendo na alegria do Senhor estaremos aptos para a missão, pois só pode evangelizar quem tem no coração a alegria de Cristo Ressuscitado. Que nossa espiritualidade faça de nós testemunhas da alegria, missionários que partilham a alegria, pessoas com rostos felizes, pois a alegria contagia. Os apóstolos ao encontrarem o Ressuscitado sentiram grande alegria (cf. Jo 20, 20) e anunciaram com entusiasmo o Evangelho a todos. Façamos essa experiência.

Insisto no convite do apóstolo: “Alegrai-vos sempre no Senhor! Repito, alegrai-vos!” E que a alegria do Senhor seja a nossa força!

Colunista Padre André Gustavo

Escrito por
Assinatura pequena André Gustavo Colunista.png
Pe. André Gustavo de Sousa

Arquidiocese de Aparecida (SP).

1 Comentário

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Polyana Gonzaga, em Igreja

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.