Por Redação A12 Em Igreja Atualizada em 17 JAN 2019 - 08H06

Campanha #EuMigrante quer sensibilizar e encontrar caminhos para a questão venezuelana

Cáritas Brasileira.
Cáritas Brasileira.
Somos todos estrangeiros. Hoje eu, ontem outro, amanhã você, talvez.



Caritas Brasileira e o grupo da Signis Brasil Jovem acabam de lançar a campanha #EuMigrante, que tem como objetivo mostrar a realidade e o drama vivido pelos migrantes, em especial os venezuelanos que chegam ao Brasil. A campanha quer, também, sinalizar caminhos para ajudá-los no processo de integração, como nos pede o Papa Francisco: “acolher, proteger, promover e integrar os migrantes e os refugiados”.

A campanha faz parte do Programa Pana, que é uma iniciativa desenvolvida pela Caritas Brasileira, com apoio da Caritas Suíça e do Departamento de Estado dos Estados Unidos. O programa espera atender, ao longo de um ano, cerca de 3.500 pessoas, sendo quase metade delas venezuelanas.

"Migrar é um direito humano universal! Migrar diz respeito à mobilidade espacial das pessoas, ou seja, trocar de casa, de cidade, de região, de estado ou de país. Esse processo ocorre desde o início da história da humanidade. Todos nós temos, em nossas famílias, realidades migratórias, deslocamentos. Uns migram por escolha, outros são forçados a isso", diz nota da Caritas Brasileira. 

O Programa Pana está presente em sete capitais do Brasil: Boa Vista (RR); Brasília (DF); Curitiba (PR); Florianópolis (SC); Porto Velho (RO); Recife (PE) e São Paulo (SP). Neste processo, 612 pessoas já estão sendo integradas nessas capitais.

:: Conheça  mais sobre o Programa Pana

:: Conheça a história de Marifer Vargas, venezuelana, que trabalha na Cáritas Brasil  

Reprodução.
Reprodução.
Marifer Vargas, abrigo no Brasil diante da necessidade de sair do seu país.



A campanha trabalha a partir de três aspectos: sensibilização; mobilização e integração. A proposta é que, ao longo do primeiro semestre de 2019, diversas ações sejam dinamizadas pelo país.

A campanha, que teve início nesta quinta (10), segue até o dia 30 de junho de 2019. No site da campanha é possível verificar as diversas maneiras de ajudar, seja com quantias em dinheiro ou doações de móveis, eletrodomésticos, roupas e calçados em bom estado de uso, bem como produtos de limpeza e de higiene pessoal.

Segundo o site da iniciativa, já passaram por Boa Vista (RR) aproximadamente 85 mil venezuelanos, sendo que, destes, mais de 6 mil estão em abrigos brasileiros, 2 mil estão vivendo nas ruas e mais de 3 mil foram viver em outras cidades brasileiras. 

Mais informações no site eumigrante.org

Fonte: Cáritas Brasileira.

1 Comentário

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Redação A12, em Igreja

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.