Por Redação A12 Em Igreja Atualizada em 14 MAI 2018 - 08H52

Família Consolata ganha nova beata


A  família dos Missionários da Consolata ganhará uma nova beata no dia 26 deste mês. A religiosa Leonella Sgorbati, missionária e mártir, receberá a beatificação último grau antes da canonização em cerimônia na diocese de Placência, na Itália. 

No Brasil, a família é formada pelos institutos masculino e feminino, chamados por Missionários e Missionárias da Consolata, pelos Leigos Missionários da Consolata e Jovens Missionários da Consolata. A Revista Missões, um veículo de informação e formação missionária da Igreja no Brasil, é editada pelos institutos. 

:: A beleza da santidade

Irmã Leonella foi assassinada em 2006 por extremistas islâmicos, na Somália. 

A irmã missionária foi para a Somália em 2002, num momento em que o país passava por um período conturbado a nível político, e a influência islâmica extremista ganhava terreno. Ainda assim, a missionária "via com entusiasmo a possibilidade de gerir o centro de formação de enfermeiras, preparando profissionais para o único hospital na Somália".

Leia MaisConhecendo os Evangelhos: Rumo a Mudanças Como lidar com a solidão?Congresso traz Virgem Maria em outras tradições religiosasO seu percurso pastoral foi interrompido a 17 de setembro, em Mogadíscio, dias depois do Papa Bento XVI ter proferido um discurso na Universidade de Ratisbona, em que citou uma frase de um texto antigo em que um imperador bizantino acusava o Islão de nada ter trazido ao mundo se não a guerra. A declaração, que terá sido mal interpretada pelo mundo islâmico, gerou várias manifestações de repúdio. E foi neste contexto que extremistas islâmicos na Somália assassinaram a irmã Leonella, atingindo-a com tiros nas costas.

A irmã Simona Brambilla, Superiora Geral da Missionárias da Consolata, e o padre Stefano Camerlengo, Superior Geral dos Missionários da Consolata, em carta assinada a toda família, veem no martírio da irmã Leonella "um dom precioso para a nossa família e para a Igreja". 


Referindo-se à irmã que agora já tem data para a sua beatificação, escrevem: "As suas últimas palavras são o testamento de uma vida doada até ao fim. A irmã Leonella soube discernir a voz do Espírito, acolher o `Dom Pascal´que lhe foi oferecido, e vivê-lo com intensidade e paixão, individual e comunitariamente até o fim, pela vinda do Reino de Deus, Reino de paz, justiça e fraternidade". 

A irmã Simonna e o padre Stefano lançam um convite especial aos ramos feminino e masculino da Consolata para que vivam este momento de preparação para a beatificação "como um `tempo favorável´ para redescobrir a beleza e a bondade do nosso carisma e nos relançarmos com entusiasmo nos caminhos da missão, hoje". 


Seja o primeiro a comentar

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Anterior
Próximo
Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Redação A12, em Igreja

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.