Por Eduardo Gois Em Igreja Atualizada em 15 ABR 2019 - 15H45

“Meu Cristo é mais Cristo do que seu Cristo"

Felipe Guimarães/A12
Felipe Guimarães/A12

Cansado de ver distorções e falsos pregadores sobre a história de Cristo, Padre Zezinho, em parceria com a Editora Santuário, acaba de lançar o livro: “Meu Cristo é mais Cristo do que seu Cristo – Leituras da fé para quem mais ouve do que lê”.

O livro nasce da vontade e da pesquisa do Padre José Fernandes de Oliveira (Padre Zezinho): são mais de 30 anos pesquisando a mídia cristã das mais diversas igrejas e denominações, que trazem os mais diversos discursos possíveis sobre o Cristo. “Espero que este livro seja um livro positivo. Não será maldoso, mas também não será 'bonzinho' para com irmãos cristãos que ensinam que 'o Cristo deles é mais Cristo do que o Cristo dos outros' e usam linguagem impositiva, agressiva e que joga uma religião contra outra”.

Um livro para quem quer pensar

A12
A12


Na publicação, Padre Zezinho destaca que falam de Cristo sem cerimônia, como se o conhecessem e como se fossem emissários e embaixadores dele. “A tendência deles com o 'marketing da fé' é afirmar que O encontraram. É uma disputa por vaidade, uma crença de que Deus está mais com eles do que com os outros. É um marketing mentiroso e cruel, que diminui o outro e lança descrédito”.

.:: Veja na íntegra entrevista para Rádio Aparecida

.:: Adquira online no Site da Editora Santuário

Para o padre, o lado bom é o do diálogo e o ecumenismo. “Quem é verdadeiramente ecumênico é quem dialoga e vê o valor no outro. Existem pregadores, de todas as religiões, que são gente muito boa e realmente são irmãos, mas existem outros que querem impor e buscar mais adeptos para as suas igrejas”.

Pregadores históricos X histéricos

Padre Zezinho explica que existem pregadores históricos e existem os histéricos. "Brigam, gritam e xingam, aqueles que fazem qualquer coisa para pegar adeptos e falam como se fossem donos do maior diamante já encontrado. Eu não tenho essa coragem de espalhar certezas sobre Deus”.

Na avaliação de Padre Zezinho, a Editora Santuário gostou muito e acreditou na obra, que não é uma leitura difícil e tem um valor acessível. “Queremos formar a consciência dos católicos, sem se deixa levar por mentiras de gente atacando a nossa Igreja. Toda gente que mente e joga um contra o outro, cristão não é. Vamos orientar os católicos a não comprar mercadoria estragada . Mentiu, não é de Cristo”.

Seja o primeiro a comentar

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Anterior
Próximo
Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Eduardo Gois, em Igreja

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.