Por Redação A12 Em Igreja Atualizada em 10 JAN 2019 - 10H55

Padre Quevedo morre aos 88 anos em Belo Horizonte

Parapsicólogo e autor de dezenas de livros, religioso morreu na casa de repouso jesuíta onde morava desde 2012.

Companhia de Jesus
Companhia de Jesus
Parapsicólogo e autor de dezenas de livros, religioso morreu na casa de repouso jesuíta, onde morava desde 2012.


Pe. Oscar González Quevedo faleceu na madrugada de ontem (09), aos 88 anos, em Belo Horizonte (MG). O jesuíta morreu devido a problemas cardíacos.

O velório, a missa de corpo presente e o sepultamento serão realizados hoje (10), na capital mineira. As cerimônias serão reservadas para familiares, amigos e religiosos.

Natural de Madri (Espanha), Pe. Quevedo nasceu em 15 de dezembro de 1930. Aos 15 anos, ingressou na Companhia de Jesus. Em 1959, aos 29 anos, o jesuíta chegou ao Brasil e, na década de 1960, naturalizou-se brasileiro.

No país, ele atuou como professor universitário de parapsicologia no Centro Universitário Salesiano de São Paulo (UNISAL) e no Centro Latino-Americano de Parapsicologia (CLAP), onde também foi diretor. Em 2012, padre Quevedo foi para a casa de repouso dos jesuítas, em Belo Horizonte.

Pe. Quevedo ficou famoso ao desmistificar eventos considerados paranormais em programas de televisão. Considerado um dos maiores especialistas do mundo na área de parapsicologia, padre Quevedo é autor de dezenas de livros, muito dos quais traduzidos para outras línguas. Entre suas obras estão: O que é parapsicologia, A face Oculta da Mente e As Forças Físicas da Mente.

Fonte: jesuitasbrasil.com

1 Comentário

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Anterior
Próximo
Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Redação A12, em Igreja

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.