Por *Eduardo Gois Em Igreja Atualizada em 08 MAI 2018 - 16H37

Romeiros caminham pela Dutra para encontro com a Mãe Aparecida

A Rodovia Presidente Dutra, que liga o Rio de Janeiro (RJ) a São Paulo (SP), já é caminho certo para Romeiros que trazem no coração a fé em Deus e em Nossa Senhora Aparecida, Padroeira do Brasil. Apesar de existirem outras rotas que levam os devotos até a Basílica, o movimento é intenso e inevitável durante esta época do ano.

O Santuário Nacional que está no meio das duas capitais brasileiras ligadas pela grande rodovia, recebe milhares de peregrinações a pé. É gente que vem na esperança de voltar o olhar a Rainha do Brasil e protagonizar a grande Festa do Jubileu dos 300 anos, nestes dias 10, 11 e 12 de outubro.

O Portal A12 foi conferir o movimento e conversou com algumas pessoas. Você pode ver alguns depoimentos no vídeo abaixo.

Já o fotógrafo oficial do Santuário Nacional de Aparecida, Thiago Leon, fez registros que dispensam grandes apresentações. É só mergulhar nos rostos, nos detalhes e na beleza que representa a fé desses brasileiros que vão em busca do encontro com a Padroeira de toda a imensidão de católicos de todo o Brasil.

Thiago Leon
Thiago Leon
O Casal José Augusto e Dulce

José Augusto e Dulce, de Guarulhos (SP), são casados e estão em peregrinação, pois em 2011, José Augusto, muito debilitado, esteve 45 dias internado. Ele perdeu os movimentos do lado esquerdo e levou um ano para se recuperar. Agora vão celebrar o Jubileu e agradecer a Nossa Senhora Aparecida por todas as graças recebidas. Eles reforçam a solidariedade e o apoio das pessoas durante a caminhada. " É difícil, mas, com fé é que se consegue", disse José Augusto.

Thiago Leon
Thiago Leon
Erasmo reza o terço durante o caminho

O taxista Erasmo, de Mangaratiba (RJ), reza o terço pelo caminho e se emociona, tamanho o amor que sente por Aparecida.

Thiago Leon
Thiago Leon
Luiz caminha para agradecer a saúde de sua mãe e da sua filha

Já o Luiz, de Itaquaquecetuba (SP), lembra o falecido pai que tinha uma devoção muito forte por Aparecida, mas o motivo principal da caminhada rumo ao Santuário Nacional de Aparecida é a gratidão pela saúde, tanto da mãe, quanto da filha que passaram por momentos difíceis. Ele ressalta que o esforço físico é duro, mas que a fé o motiva a continuar.

3 Comentários

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Anterior
Próximo
Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por *Eduardo Gois, em Igreja

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.