Por Redação A12 Em Evangelhos Atualizada em 05 JUN 2019 - 14H46

Evangelho em Libras | 6º Domingo da Páscoa - Ano C

Intérprete: Kiara Maria Socuta Quintanilha
Reflexão: Padre Marcelo Magalhães

(Jo, 14-23-29)

Naquele tempo, disse Jesus a seus discípulos: “Se alguém me ama, guardará a minha palavra, e o meu Pai o amará, e nós viremos e faremos nele a nossa morada. Quem não me ama, não guarda a minha palavra. E a palavra que escutais não é minha, mas do Pai que me enviou.

Isso é o que vos disse enquanto estava convosco. Mas o Defensor, o Espírito Santo, que o Pai enviará em meu nome, ele vos ensinará tudo e vos recordará tudo o que eu vos tenho dito. Deixo-vos a paz, a minha paz vos dou; mas não a dou como o mundo. Não se perturbe nem se intimide o vosso coração. Ouvistes o que eu vos disse: ‘Vou, mas voltarei até vós’.

Se me amásseis, ficaríeis alegres porque vou para o Pai, pois o Pai é maior do que eu. Disse-vos isso, agora, antes que aconteça, para que, quando acontecer, vós acrediteis.

- Palavra da Salvação
- Glória a vós, Senhor!

Reflexão

Se alguém me ama guardará a minha Palavra. O Evangelho de hoje nos convida a uma relação próxima do que é o Projeto de Deus. A mensagem central está na despedida que Jesus faz aos seus discípulos: 'Vou mais voltarei para vós. O defensor, o Espírito Santo que o Pai me enviou ensinará e vos lembrará de tudo isso'.

Assim como Deus se manifestou no Êxodo por meio de dez sinais, Jesus realiza sete sinais libertadores. Deus revelou a Moisés os mandamentos. Jesus, revela o mandamento do amor. Este é o novo Projeto de Deus. Contudo há uma novidade radical, simplificada na liturgia de hoje, fruto da experiência de fé que ilumina a compreensão da pessoa e da proposta de Jesus: Ele e o Pai vivem intimamente unidos, ou seja, Jesus é a própria expressão de Deus Pai. São um só. A intimidade amorosa entre ambos estende-se às pessoas que praticam e vivem o amor. Somos como discípulos, a morada do Espirito Santo.

Desse modo, o Evangelho de hoje nos convida a ser a comunidade perfeita, sonhada nos sonhos de Deus e nas ações de Jesus. As pessoas participantes ouvem a Palavra de Deus, que é o próprio Jesus feito carne presente no meio delas. O Espirito Santo, dom do amor de Deus, recorda todos os ensinamentos de Jesus. Como ouvintes e praticantes da Palavra, unidas na fé e no amor, as comunidades cristãs transformam-se no espaço da paz e da alegria de Deus. Que possamos também nós, chamados no discipulado, manifestar as nossas vidas os Projetos de Deus.

Amém!

.:: Liturgia

.:: Deus conosco dia a dia 


Seja o primeiro a comentar

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Anterior
Próximo
Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Redação A12, em Evangelhos

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.