Notícias

Dia Mundial de Oração pela Santificação dos Sacerdotes

Intercessão por Padres e Bispos é celebrada junto com o Sagrado Coração de Jesus

Escrito por Alberto Andrade

24 JUN 2022 - 13H29 (Atualizada em 24 JUN 2022 - 14H34)

Gustavo Cabral - A12

“Durante este mês dedicado ao Coração de Jesus, intensifiquemos as nossas orações, os momentos de adoração ao Santíssimo e rezemos por todo o Clero, Padres, bispos, Papa e pela Igreja em geral. Que todos os Padres tenham o coração semelhante ao de Jesus para acolher e amar os seus fiéis.”

Assim escreve o Cardeal Dom Orani João Tempesta, Arcebispo do Rio de Janeiro, em artigo publicado no site da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB).

O Dia Mundial de Oração pela Santificação dos Sacerdotes foi instituído em 25 de março de 1995, pelo Papa São João Paulo II, que assumiu a proposta da Congregação para o Clero de se celebrar esta data por ocasião da solenidade do Sagrado Coração de Jesus. O Papa quis que tal iniciativa ajudasse os sacerdotes a “conformarem-se cada vez mais com o coração do Bom Pastor”. A iniciativa, anualmente retomada, tem contribuído para alargar no povo de Deus a estima e a oração pelos seus pastores.

Padre Ferdinando Mancílio, C.Ss.R. explica a respeito do motivo da ligação entre o Sagrado Coração de Jesus e o santo ministério de cada sacerdote:

"Temos que perceber que Cristo é o sumo e eterno Sacerdote, e é Dele que deriva o sacerdócio ministerial. O Padre não foi feito apenas para rezar Missa e celebrar os Sacramentos. O principal ministério do sacerdócio é o anúncio explícito do Evangelho de Jesus. Como consequência, então ele ministra os Sacramentos despertados pela Palavra de Deus e por esta ação ministerial e missionária da pregação da Palavra. Portanto, olhar para o Sagrado Coração de Jesus não é simplesmente evocar uma piedade, mas olhar para o Cristo como único e verdadeiro Sacerdote, de onde emana o sacerdócio ministerial em toda a igreja", disse.

O missionário redentorista também nos orienta a sempre interceder pelos nossos párocos e vigários“Mesmo apesar de todos os defeitos, fragilidades, fracassos humanos, o sacerdócio nasce do coração do Cristo, aquilo que Paulo lembra para nós, para que a gente tenha os mesmos sentimentos de Cristo Jesus. Então reze pelo seu Padre, procure ajudá-lo, falar bem dele e não dizer palavras que não ajudam e nem constroem, nem a você e nem aos outros!”, concluiu.

Gustavo Cabral - A12
Gustavo Cabral - A12


Santificação ensinada por Pio XII

Um dos ricos ensinamentos a respeito da santificação de Padres e Bispos é a exortação apostólica Menti nostrae, escrita pelo Papa Pio XII, em 1950.

“Guiai o rebanho de Deus, que está entre vós, tende cuidado dele, tornando-vos sinceramente exemplares do rebanho” (1Pd 5,2.3). A partir dessas palavras de São Pedro, o Santo Padre afirma que não há como o ministério sacerdotal atingir plenamente seu fim, “se os sacerdotes não brilham no meio do povo por insigne santidade, como dignos ‘ministros de Cristo’, e fiéis ‘dispensadores dos mistérios de Deus’ (1Cor 4,1)”.

A primeira das virtudes que o Sacerdote deve imitar do Cristo é a humildade, aprendendo do próprio Mestre a ser “manso e humilde de coração”  (Mt 11,29), jamais confiando nas próprias forças, tampouco buscando a estima e os louvores dos seres humanos, pois, como Cristo, não veio “para ser servido, mas para servir” (Mt 20,28).

Iluminado pela fé, o presbítero coloca a alma à imolação da vontade por meio da obediência, a exemplo do Senhor, que foi obediente até a morte de cruz (Fl 2,8).

E, se para todo cristão, o principal meio de santificação é a oração, para um presbítero isso é essencial. Unidos a Cristo, os Sacerdotes também não podem deixar de nutrir fervorosa devoção a Nossa Senhora, invocando-a com confiança, sobretudo, por meio da meditação dos mistérios do Rosário, que, como lembra Pio XII, “conduz a Jesus por Maria”.


Oração pelos Sacerdotes

Ó Jesus, Sumo e Eterno Sacerdote, conservai os vossos sacerdotes sob a proteção do Vosso Coração Amabilíssimo, onde nada de mal lhes possa suceder.

Conservai puros e desapegados dos bens da terra os seus corações, que foram selados com o caráter sublime do Vosso Glorioso Sacerdócio.

Fazei-nos crer no seu amor e fidelidade para Convosco e preservai-os do contágio do mundo.

Dai-lhes também, juntamente com o poder que têm de transubstanciar o pão e o vinho em Vosso Corpo e Sangue,

o poder de transformar os corações dos homens.

Abençoai os seus trabalhos com copiosos frutos e concedei-lhes um dia a coroa da vida eterna.

Amém!


Padre Carlinhos conta como é ser um padre diocesano


Seja o primeiro a comentar

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Alberto Andrade, em Notícias

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.

Bem vindo!


Para completar seu cadastro, por favor, verifique seu e-mail e defina sua senha.
Caso não encontre o e-mail na sua caixa de entrada, por favor, verifique na caixa de SPAM/TRASH/LIXO ELETRÔNICO.