Notícias

5ª edição da Corrida Mãe Aparecida reúne fé e superação

Após dois anos sem edição, a corrida recebeu mais de 3.500 participantes

Escrito por Lais Silva

13 AGO 2022 - 22H46 (Atualizada em 15 AGO 2022 - 12H25)

Thiago Leon

A 5ª edição da Corrida Mãe Aparecida, que aconteceu neste sábado, dia 13 de agosto, no Santuário Nacional de Aparecida, reuniu mais de 3.500 corredores amadores e profissionais. Após dois anos sem acontecer, a edição de 2022 reuniu participantes de 18 estados diferentes. Leia MaisHistória de fé e devoção na Corrida Mãe Aparecida

“É realmente uma edição marcante, pois na última edição realizada (2019) foram 14 estados participantes. Este ano, superamos o nosso alcance por todo Brasil”, contou Thairine Teixeira, Analista de Marketing do Centro de Eventos Padre Vitor Coelho de Almeida.

O início das atividades foi marcado por uma missa em ação de graças aos participantes, que aconteceu às 18h. A largada aconteceu às 20h30 no Pátio das Palmeiras, onde minutos antes todos os corredores receberam uma bênção especial.

Thiago Leon
Thiago Leon


Os participantes da Corrida da Mãe Aparecida vêm para o Santuário com uma motivação especial: correr na Casa de Nossa Senhora Aparecida. Esse é muito mais que um evento esportivo; é um momento de fé e devoção.

“A Corrida Mãe Aparecida é um evento muito diferenciado, temos mais de 3.500 pessoas inscritas, de todas as idades, perfis e regiões do Brasil. E eles trazem consigo a profunda presença de Nossa Senhora Aparecida junto deles. Eles vêm não somente para competir e se desafiar, mas também para agradecer, pedir uma graça e também para expressar seu amor a Padroeira do Brasil. É um evento de superação e, principalmente, de fé”, completou Thairine.

Os cinco primeiros colocados nos percursos de 4 km e 8 km de corrida – 5 homens e 5 mulheres - foram premiados com troféus abençoados durante a missa no Santuário. Todos os demais participantes receberam uma medalha exclusiva. O evento ainda teve a opção de caminhada de quatro quilômetros em caráter participativo.

Thiago Leon
Thiago Leon


Devoção

Chegar na primeira colocação e vencer a corrida é uma emoção, mas saber que o prêmio significa muito mais do que o lugar mais alto do pódio, é coroar todo o esforço com chave de ouro.

Cícero Vieira de Andrade, vencedor da prova dos 4 km, é devoto da Mãe Aparecida e contou a emoção de conquistar o troféu.

É a primeira vez que eu corro a Corrida da Mãe e a primeira vez que eu venço. Eu estou até tremendo de tanta emoção. Eu sou muito devoto de Nossa Senhora Aparecida, meu treinador Adalto Domingues também é. O meu grande amigo e incentivador, o Marilson Gomes dos Santos também é devoto, a minha vó e a minha mãe... Então, ganhar aqui e mostrar o troféu para eles... eu estou até sem palavras”.

Gislaine Lourenço, vencedora também dos 4km, se emocionou ao dizer que é seu bicampeonato, e é ainda mais especial por ser pós-pandemia.

“Essa é a segunda vez que eu corro essa corrida, e é meu bi campeonato. Estou muito feliz por estar aqui com vida e vencer uma pandemia tão grande como nós tivemos. Parabéns a todos pelo dia dos pais! Dedico ao meu pai, a minha mãe e ao meu irmão, só felicidade”.

Alessandra Borges / A12
Alessandra Borges / A12

Superação e inspiração

Participantes de todas as idades se reúnem na Corrida Mãe Aparecida, onde diversas histórias de fé, devoção e superação se misturam. Uma dessas histórias é a de um senhor de 81 anos, o Francisco de Assis, que veio do Rio de Janeiro para correr. Ele conta que já participa de diversas corridas com muita alegria, para motivar outras pessoas a nunca desistir.

“A minha emoção é representar o Rio de Janeiro, o Cristo Redentor. Eu transmito alegria para o povo para quem ver sentir que não deve parar, deve continuar. A corrida é saúde, emoção, a fortaleza dos vencidos, o consolo de toda a dor”.

Dia dos pais

Pai e filha participaram juntos da corrida. Alexandre Sueiro e Isabela Sueiro vieram de Ribeirão Pires (SP) para participar pela primeira vez da Corrida Mãe Aparecida. Ele conta que é um presente de Dia dos Pais poder participar junto com sua filha:

“Eu estou com a minha filha e só de falar, já fico arrepiado. É uma emoção gigante, é um presente para mim como pai estar com ela aqui; e ainda abençoado na casa da Mãe, então alguma coisa fantástica para gente, está sendo uma alegria imensa para mim. A gente gosta muito de corridas, mas aqui é a primeira vez que a gente vem, sempre tive vontade de vir e hoje deu certo, graças a Deus”.

Alessandra Borges / A12
Alessandra Borges / A12


Participação de funcionários

Muitos funcionários do Santuário Nacional participaram da corrida de alguma forma; alguns correram, outros caminharam e outros ainda foram voluntários para ajudar na organização deste grande evento. Daniel Santos, ascensorista do Santuário Nacional participou pela primeira vez da corrida e contou que seus pais também correram.

“Eu sempre vinha acompanhar meu pai, essa é a primeira vez que estou como corredor. Minha família também correu, mas é a primeira vez que estou aqui como corredor, muito bom conseguir terminar e acompanhar a família. É muito gratificante e emocionante terminar essa corrida”.


.:: Confira o resultado da edição de 2022 clicando aqui!

Seja o primeiro a comentar

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Lais Silva, em Notícias

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.

Bem vindo!


Para completar seu cadastro, por favor, verifique seu e-mail e defina sua senha.
Caso não encontre o e-mail na sua caixa de entrada, por favor, verifique na caixa de SPAM/TRASH/LIXO ELETRÔNICO.