Notícias

A importância das Santas Casas de Misericórdia

Conheça a história e a relevância dessas unidades de saúde para o povo brasileiro

Escrito por Isabela Araujo

15 AGO 2022 - 16H15 (Atualizada em 16 AGO 2022 - 08H12)

Reprodução/ santacasasp

Leia Mais 5 dicas para manter a sua saúde mental em dia e buscar mais qualidade de vidaReceba em sua casa uma bênção por sua saúde A Irmandade da Santa Casa de Misericórdia surgiu no Brasil no período colonial, em 1539, ocupando o lugar de primeira instituição hospitalar do país, com a finalidade de ajudar os enfermos das cidades, bem como os que estavam nos navios dos portos.

Vale ressaltar que quando as Santas Casas surgiram no país, suas funções eram mais voltadas para a assistência do que para o terapêutico.

Davam atendimento aos pobres na doença, no abandono e na morte. Eram abrigados, além dos enfermos, os abandonados e marginalizados (crianças e velhos), os excluídos do convívio social, como os criminosos doentes e dos doentes mentais.” - Confederação das Santas Casas de Misericórdia, Hospitais e Entidades Filantrópicas (CMB).

Atualmente, as Santas Casas do Brasil, de forma conjunta e parceira com entidades filantrópicas, colaboram com a sociedade brasileira pelo SUS (Sistema Único de Saúde). Sendo então uma entidade não só importante à nível histórico, como nos dias de hoje.

Mirocles Véras, o presidente da CMB, em entrevista para a CNBB, conta o que os motiva a comemorar o dia de hoje.

“O que nos motiva a celebrar esta data é a oportunidade de, através do SUS, continuarmos servindo aos brasileiros que mais precisam, trabalhando para construir o bem-estar da população independente das inúmeras barreiras que nos são impostas. E trabalhar pela sustentabilidade das nossas instituições que protagonizam o SUS no Brasil”, afirma o presidente.

De acordo com a CMB, a Confederação é responsável por mais de 50% dos atendimentos ambulatoriais e internações hospitalares realizadas no SUS e representam a maior rede hospitalar no País. Além disso, também realizam tratamentos de rádio e quimioterapia (69,35%), bem como transplantes realizados no país, equivalente a 58,14% dos tratamento no país.

Crescida junto com o Brasil, a CMB é uma grande e importante conquista para os Brasileiros, pois auxilia não só na saúde, como também na geração de empregos e colaboram com o setor econômico, pois, de acordo com a Confederação, as Santas Casas e os hospitais filantrópicos prestam seus serviços com custo médio oito vezes menor que os hospitais públicos federais.

Neste dia, rezemos e agradeçamos a CMB e aos envolvidos que ajudam toda a população brasileira.

Seja o primeiro a comentar

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Isabela Araujo, em Notícias

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.

Bem vindo!


Para completar seu cadastro, por favor, verifique seu e-mail e defina sua senha.
Caso não encontre o e-mail na sua caixa de entrada, por favor, verifique na caixa de SPAM/TRASH/LIXO ELETRÔNICO.