Por Redação A12 Em Santo Padre Atualizada em 08 JUL 2019 - 15H21

Migrantes são símbolo de descartados da sociedade globalizada, afirma Papa

Shutterstock
Shutterstock


O Papa Francisco presidiu uma celebração eucarística na Basílica de São Pedro no sexto aniversário de sua visita à ilha italiana de Lampedusa - sua primeira viagem como Pontífice.

Leia MaisInteressar-se pelos migrantes é interessar-se por todos nós, afirma PapaA ilha ao sul da Itália foi a meta, exatamente em 08 de julho de 2013. Naquele ano, os desembarques de migrantes eram quase diários. Meses depois, em 03 de outubro, ocorreria a maior tragédia registrada nas imediações: num naufrágio de uma embarcação líbia, com 368 vítimas fatais.

Durante a celebração, o Santo Padre, proferiu fortes reflexões sobre essa realidade que tem um movimento contínuo em várias partes do mundo. Algumas frases ganharam destaque na mídia:

“Não se trata apenas de migrantes, mas de pessoas humanas”;

“São apenas alguns dos últimos que Jesus nos pede para amar e levantar”.

“São pessoas; não se trata apenas de questões sociais ou migratórias”

 “Os migrantes são o símbolo de todos os descartados da sociedade globalizada".

.:: Veja abaixo, vídeo da celebração

.:: 68 milhões de pessoas em deslocamento forçado pelo mundo

Fonte: Vatican News

Seja o primeiro a comentar

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Anterior
Próximo
Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Redação A12, em Santo Padre

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.