Santuário Nacional

Romaria das Comunidades Negras no Santuário rechaça o racismo dos dias atuais

Peregrinação da Pastoral Afro-Brasileira à Aparecida marcou o início das celebrações do mês da Consciência Negra

Escrito por Guilherme Gomes

05 NOV 2022 - 14H21 (Atualizada em 07 NOV 2022 - 08H34)

Guilherme Gomes

Leia MaisSantuário Nacional lança o ‘Aparecida Play’Roupas coloridas, acessórios na cabeça, pandeiro e Timbal. O Santuário Nacional de Nossa Senhora Aparecida amanheceu em alto astral neste primeiro sábado (05) de novembro.

Isso porque aconteceu, na Casa da Mãe Aparecida, a Romaria das Comunidades Negras realizada pela Pastoral Afro-Brasileira da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB).

A missa do 12h, no Altar Central do Santuário Nacional, foi presidida por Dom Pedro Cunha Cruz, Bispo de Campanha (MG), e acompanhada pelos mais de 400 participantes da Romaria, que acontece há 26 anos no Santuário.

Queremos pedir a intercessão da Nossa Mãe Aparecida para nós avançarmos na luta para conquistarmos espaço, não somente na Igreja, mas também na sociedade. Já conseguimos dar passos largos, mas precisamos ainda avançar”, disse Dom Pedro em entrevista ao A12.

.:: Veja as fotos da celebração:


O Bispo de Campanha também falou sobre o racismo velado no Brasil, mas que é uma realidade e que precisa ser combatido.

Nós precisamos lutar por uma sociedade mais igualitária, mais justa e mais fraterna. Que essa desigualdade seja descontruída pela força da palavra de Deus e pelo anúncio profético do evangelho de Cristo Jesus”, pediu Dom Pedro.

A celebração no Santuário marcou também o início das comemorações do mês da Consciência Negra, que é comemorado no dia 20 de novembro no país.

A mãe negra Aparecida sempre acompanhou esse povo no seu sofrimento, mas também na alegria. A Romaria é uma coroação dos nossos trabalhos durante o ano e que também abre o calendário do mês da Consciência Negra”, disse Padre José Enes de Jesus, da Pastoral Afro-Brasileira, e um dos responsáveis pela peregrinação das comunidades negras.

Guilherme Gomes
Guilherme Gomes



E completou:

Por isso sempre o primeiro sábado de novembro para abrir as comemorações do nosso grande irmão e herói de caminhada, Zumbi dos Palmares”.

.:: Veja a Santa Missa na íntegra:

Seja o primeiro a comentar

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Guilherme Gomes, em Santuário Nacional

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.

Bem vindo!


Para completar seu cadastro, por favor, verifique seu e-mail e defina sua senha.
Caso não encontre o e-mail na sua caixa de entrada, por favor, verifique na caixa de SPAM/TRASH/LIXO ELETRÔNICO.