Notícias

Missionários Redentoristas em terras de missão: Sul da Albânia

Fr. Gianluigi Colucci, C.Ss.R, fala sobre um país de minoria católica, mas de “grande fé”

Escrito por Pe. José Inácio Medeiros, C.Ss.R.

03 NOV 2022 - 15H04

Divulgação

“Em nossas missões, se esforçarão para socorrer as pessoas espalhadas pelos campos e nos povoados rurais, as menos favorecidas e desprovidas de ajuda espiritual”.

Foi com essas palavras que nosso fundador, Santo Afonso, iniciou a redação das regras e constituições de nosso instituto religioso.

Os tempos passaram, a situação mudou, mas ainda hoje continuamos nos interrogando quem são os pobres a quem somos enviados e a quais “campos” somos enviados para levar a Boa Nova do Evangelho.

Em lugares distintos do mundo existem novos ambientes e novos “areópagos” a que somos destinados a evangelizar, conforme afirmou o Papa João Paulo II.

Divulgação
Divulgação
A presença da Igreja é bem ativa e a fé está viva entre os cristãos de algumas pequenas comunidades


Missão na AlbâniaLeia MaisAcontecimento histórico: a primeira missão redentorista na LituâniaRedentoristas da Indonésia evangelizam pela pregação das missões paroquiais

Na Albânia, país que está localizado ao leste da Europa, próxima da Grécia, Montenegro e Macedônia, na região conhecida como Balcãs, as populações rurais estão abandonadas, especialmente na região mais ao sul do país.

Ao contrário da capital Tirana e de seus arredores, o número de católicos ali é bem reduzido, devido a predominância da Igreja Ortodoxa e as perseguições do regime comunista que por muitos anos governou o país.

Apesar de tudo, a presença da Igreja é bem ativa e a fé está viva entre os cristãos de algumas pequenas comunidades. Nesta região, atua o redentorista Laureano Del Otero, junto com alguns religiosos e religiosas de outras congregações.

Não existe uma diocese ou um bispo designado, apenas um Administrador Apostólico com alguns sacerdotes e religiosos/as que atuam numa região de quase 16 mil km2. As comunidades são pequenas, distantes uma das outras e as estruturas de igreja são poucas e insuficientes.

Divulgação
Divulgação
Religiosos de várias congregações e nacionalidades se reuniram durante o Mês Missionário


Por ocasião do Mês Missionário, entre os dias 07 e 10 de outubro, uma equipe formada por religiosos de várias congregações e nacionalidades, incluindo três redentoristas realizou uma Ação Missionária, percorrendo os povoados, visitando as famílias dispersas pelos campos, já bem perto da fronteira com a Grécia, celebrando e animando a todos na fé.

O distanciamento entre as famílias e comunidades obrigou os missionários a realizarem longas caminhadas pelas montanhas. Como o país por longos anos foi dominado pelo regime comunista, um dos mais ferozes do mundo, quase todas as igrejas e capelas foram destruídas e muitos sacerdotes foram mortos. A fé cristã foi mantida graças aos pais que batizavam os seus filhos às escondidas e lhes ensinavam os princípios cristãos.

Durante a Ação Missionária as celebrações eram realizadas nas casas das famílias e depois da celebração eram realizados momentos formativos e de confraternização com os participantes.

Na região, que foi missionada, os católicos não chegam a 1% da população, mas se o número é pequeno, a fé é grande. Com essa ação missionária e com os trabalhos ordinários que a Igreja, sobretudo, graças ao trabalho dos religiosos tem realizado na região, a expectativa é que a Igreja se organize cada vez mais e nesta estruturação acabe englobando mais e mais pessoas.

Informações: Fr. Gianluigi Colucci, C.Ss.R. 
Texto adaptado: Pe. Inácio Medeiros, C.Ss.R.

Seja o primeiro a comentar

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Pe. José Inácio Medeiros, C.Ss.R. , em Notícias

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.

Bem vindo!


Para completar seu cadastro, por favor, verifique seu e-mail e defina sua senha.
Caso não encontre o e-mail na sua caixa de entrada, por favor, verifique na caixa de SPAM/TRASH/LIXO ELETRÔNICO.