Por Redentoristas Em Notícias Atualizada em 09 JAN 2020 - 14H20

O que significa ser santo?

Na Igreja temos uma multidão de homens e mulheres que foram canonizados ou beatificados e são considerados santos e santas. Eles foram pessoas iguais a nós, tanto na busca de santidade como no combate ao pecado e nos mostram que o santo não é um super-herói, mas alguém que leva a sério as palavras de Jesus e as vive com fidelidade e criatividade. 

Shutterstock.
Shutterstock.
Todos somos chamados a ser santos.


Santo Afonso de Ligório estava convencido de que o caminho da santidade é possível para cada cristão. Ele explica que “é um grande erro dizer que Deus não quer que todos sejam santos. Deus quer que todos sejam santos e cada um no lugar onde foi chamado". (cf. Prática do amor de Jesus Cristo)

Para o santo fundador dos Redentoristas, cada pessoa é chamada a ser santa na condição em que se encontra, seja ela um religioso, um padre, uma pessoa casada ou solteira, e mesmo na sua profissão. Ele diz que ninguém precisa ir viver em um convento ou seminário para ser um santo, mas sim que todos são chamados a viver esta escolha em qualquer situação de vida.  

Leia MaisComo entender a santidade para buscá-la São Geraldo, o homem que se fez santoSanto Afonso tentou de diversas maneiras fazer com que as pessoas compreendessem o quanto Deus as ama. "Se o amor de todas as pessoas, todos os anjos, todos os santos fossem colocados juntos, eles não se igualariam à menor parte do amor de Deus por você", dizia o santo. 

O Papa Francisco escreveu recentemente a exortação "Gaudete Et Exultate" onde fala sobre o que é ser santo. Ele fala dessa mesma ideia de Santo Afonso. "Todos somos chamados a ser santos, vivendo com amor e oferecendo o próprio testemunho nas ocupações de cada dia, onde se encontra." (GE 14)

A busca pela vida santidade significa que cada vez mais nos deixamos envolver no Mistério de Deus, deixando que Ele habite em nós e assim vamos vivendo e agindo conforme sua mensagem. "Dissemos tantas vezes que Deus habita em nós, mas é melhor dizer que nós habitamos n’Ele, que Ele nos possibilita viver na sua luz e no seu amor. Ele é nosso templo" (GE 51), escreve Francisco. 

shutterstock
shutterstock
Cada pessoa é chamada a ser santa na condição em que se encontra.


Podemos perceber essa busca em alguns exemplos de pessoas do nosso tempo, como é o caso da mãe
Gianna Beretta Molla que doou a vida por seu filho e família e canonizada em 2004, ou a jovem Chiara Baldano, que se tornou beata em 2010, e viveu com serenidade e alegria diante de um câncer agressivo.

Mas pra ser santo precisa ser canonizado ou beatificado? Na verdade, não! Eles são exemplos. Se eles conseguiram viver este caminho, todos podemos. Tantas outras pessoas não se tornaram santas canonizadas, mas viveram uma vida plena em Deus.

O que nos faz seguir o caminho de santidade é a verdadeira compreensão do amor de Deus por nós e toda a humanidade.


Deus quer que todos os homens e mulheres sejam santos. Ele os ama e os chama a viver uma vida em plenitude, não uma vida vazia de significado. Se Deus nos ama, somos feitos à sua imagem e semelhança, todos somos dignos de viver e concretizar cada dia mais a santidade em nossa vida e encontrar a felicidade verdadeira nela.

Você tem um santo de sua devoção? O que mais gosta de sua história? Conta pra gente nos comentários!


1 Comentário

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Anterior
Próximo
Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Redentoristas, em Notícias

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.