Por Pe. Inácio Medeiros, C.Ss.R. Em Redentoristas

Missão Redentorista em Alfenas: concretizar o objetivo missionário da Igreja

"A Igreja é missionária, ou não é a Igreja de Jesus Cristo!"  (Dom José Mauro)

Onde tudo começou  

Alfenas, antiga Vila Formosa é um município localizado no sul do estado de Minas Gerais. De acordo com o censo realizado pelo IBGE, em 2010, sua população é de 73,7 mil habitantes.

Tudo começou em 1799 quando foi erguida uma pequena capela, dedicada a Nossa Senhora das Dores, que foi depois demolida para dar lugar a uma Capela concluída em 1801, e que passou a ser denominada Capela de São José e Nossa Senhora das Dores. No seu lugar hoje, no coração da cidade, existe uma bonita matriz, visitada todo o dia por inúmeros fieis que ali encontram a paz para e o conforto espiritual, e um lugar propício para as suas orações. 

   Matriz de São José e Dores       Matriz de São José e Dores em 1950

Fotos da Igreja São José e Dores de Alfenas.
Primeira imagem sem data e a segunda de 1950. (arquivo da Prefeitura)

A cidade de Alfenas é considerada um núcleo urbano de bastante importância na região sul-mineira, tradicionalmente agropastoril e grande centro produtor de café, principal produto que vem mantendo um bom nível de produção ao longo dos anos, apesar do esvaziamento da zona rural, devido ao êxodo de muita gente para a cidade. 

O Município possui um Distrito Industrial que é um dos maiores do Sul de Minas, com indústrias de grande e médio porte. Com um comércio varejista bem diversificado, atende não só a população do município, mas de todos os municípios da região.

Um de seus destaques é a Universidade Federal de Alfenas (UNIFAL-MG), com campi localizados também nas cidades de Poços de Caldas e Varginha, todas na região sul do Estado de Minas Gerais. 

Uma Igreja ativa e fiel

A cidade de Alfenas integra a Diocese de Guaxupé e está organizada em cinco paróquias (São José e Dores, São Sebastião e São Cristóvão, São Pedro, Nossa Senhora de Fátima, Nossa Senhora Aparecida); são muitas as comunidades, inclusive na zona rural, com aproximadamente 40 pastorais, movimentos e irmandades. A tradicional igreja da cidade é a Matriz de São José e Dores.

A Diocese já está em clima de celebração do seu centenário de criação a ser comemorado em 2016, e para bem preparar o povo de todas as paróquias e comunidades, decidiu pela convocação de Missões Populares permanentes envolvendo estruturas, pastorais e movimentos. Desta forma três paróquias da cidade optaram pela convocação das Missões Redentoristas, colocando-se num espírito de comunhão com toda a diocese. 

As Santas Missões voltam a acontecer

A cidade e a Igreja de Alfenas já receberam os missionários redentoristas em diversas ocasiões. Por aqui passou o Pe. Vitor Coelho de Almeida, numa de suas viagens missionárias da Rádio Aparecida com a imagem peregrina de Nossa Senhora. Aqui também já aconteceram as Santas Missões em diversas ocasiões, sendo a última no ano de 2001, atingindo, porém, apenas a paróquia de Nossa Senhora Aparecida.

Procissão com o Cruzeiro - Missões de 1988
Procissão do Cruzeiro nas missões de 1988 

 Agora, depois de alguns anos de espera, três de suas paróquias - São José e Dores, São Pedro Apóstolo e Nossa Senhora de Fátima - voltam a receber a graça das Santas Missões, que vem acontecendo desde o mês de fevereiro, quando aqui chegaram as irmãs missionárias, acompanhadas dos redentoristas - Pe. Roni, Pe. Moacyr e Pe. Sebastião Marques - coordenadores das missões nas três paróquias, para iniciar a Missão da Visitação e preparar a Missão nas Famílias.

Matriz de São Pedro
Igreja Matriz da Paróquia São Pedro

O Pe. Francisco, pároco da Paróquia de São José e Dores já teve a realização das Santas Missões na paróquia de Muzambinho, quando era o seu pároco, em duas ocasiões. Para ele, que foi um dos que pediu a presença dos redentoristas, "as Santas Missões possibilitam uma melhor organização da pastoral paroquial, favorecendo uma maior participação das pessoas, a criação de uma maior consciência de comunidade, num cenário de Igreja marcado pela multiplicação de movimentos nem sempre comprometidos com a comunidade, mas focados em sua vida interna e atividades específicas".

O Pe. Homero, pároco da paróquia Nossa Senhora de Fátima explica o porquê das Santas Missões ao estilo dos redentoristas: "Através das Santas Missões, queremos concretizar o objetivo missionário da Igreja Latino-Americana de sermos discípulos missionários de Jesus Cristo, ouvindo, acolhendo e nos comprometendo com a sua palavra, visando a construção do Reino de Deus".

Ele ainda deixou um clamor, que serve para o povo de Alfenas, mas também mexe com todos os cristãos: "que Maria, a Estrela da Evangelização, nos ajude a viver a nossa vocação batismal de continuadores das palavras e dos gestos de Jesus".

Viver em comunidade 
"A missão deve impregnar todas as estruturas eclesiais e todos os planos pastorais de dioceses, paróquias, comunidades religiosas, movimentos e de qualquer instituição de Igreja" (DA 365) 

Organização das Missões

Como sempre acontece, as Santas Missões Redentoristas não focam apenas a visitação das famílias, mas procuram atender todas as comunidades de uma paróquia, iniciando sempre o trabalho de evangelização pelas comunidades rurais ou bairros da periferia. 

Desta forma, assim foram organizadas as Santas Missões em Alfenas, atingindo todas as comunidades das paróquias missionadas: 

Paróquia São José e Dores:
Comunidades Rurais (03): Santa Bárbara (Barbaras), São Geraldo (Matão) e São Pedro Julião Eymard (Esteves).
Comunidades Urbanas (04): Santos Reis, Mãe rainha, Nossa Senhora do Sagrado Coração (Vila Formosa) e Matriz. 

Paróquia São Pedro Apóstolo:
Comunidades (05): São Judas Tadeu (Vista Grande), São Carlos Borromeu (Jardim São Carlos), Nossa Senhora Aparecida (Gaspar Lopes), São José Operário (Morada do Sol) e Matriz de São Pedro.

Paróquia Nossa Senhora de Fátima:
Comunidades (08): Sta Edwiges, Santo Expedito, São Marcos, Sagrada Família, Imaculada, Santa Luzia, Bom Pastor e Matriz de Nossa Senhora de Fátima.


Padre Inácio Medeiros, C.Ss.R
Equipe de Comunicação
Santas Missões

1 Comentário

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Pe. Inácio Medeiros, C.Ss.R., em Redentoristas

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.