Por Matheus Andrade Em Releases

Congresso sobre a Imagem de Aparecida começa nesta quinta-feira

Foto - Thiago Leon

 

Tem início nesta quinta-feira (10), no Santuário Nacional de Aparecida, a nona edição do Congresso Mariológico da Academia Marial. O evento trará palestras, debates e estudos sobre a iconografia e a teologia em torno da Imagem da Virgem encontrada nas águas do Rio Paraíba do Sul.

A temática deste ano busca provocar uma reflexão sobre a Imagem de Nossa Senhora Aparecida e o amadurecimento da devoção, ao longo dos anos, em torno da qual surgiu uma cidade, paróquias e comunidades, além de inspirar nomes de pessoas e culminar na construção de todo o complexo de evangelização do Santuário Nacional.

Segundo o Missionário Redentorista, padre Valdivino Guimarães, diretor da Academia Marial, a Imagem encontrada nas águas e a sua aparição convidam a uma reflexão sobre a proporção da fé. “Uma Imagem tão pequenina, guardada no seio das águas por, não sabemos quanto tempo, e em torno dela, da fé do povo, surge tudo isso que vemos até onde nossos olhos alcançam e onde os olhos da fé vislumbram”, disse.

Participarão do Congresso como palestrantes o Mestre em teologia dogmática, padre Osmar Cavaca; a Pós-doutora em teologia sistemático-pastoral, Lina Boff; a Diretora Técnica do Museu de Arte Sacra de São Paulo, Maria Inês Lopes Coutinho; o escritor, compositor e cantor, Padre Zezinho; o professor de mariologia, Irmão Afonso Murad; e o artista sacro Claudio Pastro. Após cada explanação, haverá debate dos congressistas com o condutor da palestra, mediado por Padre. Joãozinho.

O Congresso é organizado pela Academia Marial em parceria com a Faculdade Dehoniana de Taubaté (SP). A participação no evento é considerada como curso de extensão universitária. Este ano o Congresso bateu recorde de inscritos, contando com mais de 300 congressistas.

Noite Cultural – No período noturno o Congresso promoverá atividades culturais. A primeira noite trará uma visita guiada pela Basílica de Nossa Senhora Aparecida, onde serão apresentados detalhes arquitetônicos da obra e curiosidades sobre o Santuário Nacional.

A segunda noite cultural (11/09) contará com a apresentação da Orquestra PEMSA (projeto de Educação Musical do Santuário Nacional), a inauguração da Exposição Nossa Senhora na Arte e o lançamento de três livros pela Editora Santuário: “Senhora Aparecida”, da autora Tereza Pasin; “Maria, trono de Sabedoria”, organizado por padre Valdivino Guimarães e “Magnificat: O Louvor de Maria” de Martinho Lutero.

Esta terceira obra, produzida em 1522, em forma comentário do Magnificat de Nossa Senhora, traz reflexões de Lutero que incluem a intercessão de Nossa Senhora. Matinho Lutero foi um monge e professor de que tornou-se uma das figuras centrais da Reforma Protestante.

Academia Marial - Parte integrante do Santuário Nacional, a Academia Marial chega aos 30 anos de fundação buscando o enriquecimento na devoção à Padroeira do Brasil. Seus instrumentos de pesquisa produzem conhecimentos teológicos teóricos, que são aplicáveis de modo prático às atividades pastorais e evangelizadoras. Mais informações podem ser conferidas em www.a12.com/academia

Seja o primeiro a comentar

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Anterior
Próximo
Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Matheus Andrade, em Releases

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.