Por Elisangela Cavalheiro Em Notícias Atualizada em 17 FEV 2018 - 17H28

Demonstrações de amor e fé marcam dez anos da Romaria do Terço dos Homens

Thiago Leon.
Thiago Leon.

Munidos com o terço nas mãos ou no pescoço, vestidos com camisetas que mostravam a sua origem, 70 mil homens estiveram reunidos na Casa da Mãe Aparecida neste sábado (14), na Romaria do Terço dos Homens.

A presença masculina marca tanto, que essa já é uma das maiores romarias do Santuário Nacional de Aparecida.

:: 10º Romaria Nacional do Terço dos Homens é aberta oficialmente

Na missa campal realizada às 7h30, em frente à Tribuna Papa Bento XVI, um mar de pessoas das mais variadas idades, e ainda um grande número de padres e religiosos, se aglomerou para celebrar a fé em Maria e em seu Filho Jesus.

Em 2018, a romaria completa 10 anos, e essa data recorda o quanto o movimento do Terço dos Homens cresceu no Brasil. O arcebispo de juiz de Fora (MG), Dom Gil Antônio Moreira, bispo referencial do movimento, disse em entrevista ao A12, que esse crescimento mostra a força da ação dos leigos e da fé.

"Na primeira romaria nós tínhamos seiscentos homens e agora depois de dez anos nós temos essa multidão que não cabe mais dentro do Santuário. É uma multidão incalculável. Então, esse crescimento é uma grande bênção para a Igreja no Brasil. É um movimento que nasceu no meio dos leigos com o apoio da Igreja”, assinalou.

Thiago Leon.
Thiago Leon.

Na missa, o arcebispo falou sobre o papel de Maria na transformação das famílias, dando ênfase ao tema da romaria deste ano “Terço dos Homens, em comunhão com as vocações, resgatando Famílias”. Na reflexão, ele citou uma frase do Papa para falar que Maria pode mudar a realidade de uma família.

“Na Evangelii gaudium Papa Francisco afirmou: ‘Maria é aquela que sabe transformar um curral de animais em casa de Jesus, com pobres paninhos e uma montanha de ternura’. Muitas vezes nossos lares podem se parecer muito mais com um curral de animais, com materialismo e até com violências, mas Maria indo a essa casa sabe transformá-la em casa de Jesus, exortou o arcebispo.

No meio da multidão, Eraldo de Souza se distinguia carregando um grande terço, que segurou com os braços estendidos durante toda a missa. Ele veio com um grupo de 145 homens da Paróquia Nossa Senhora da Conceição, da cidade de Corrente, no Piauí, distante 2.000 quilômetros do Santuário de Aparecida. "Eu entrei no Terço dos Homens por meio de um amigo. Quando eu cheguei no grupo eu achei tão maravilhoso que fiquei, e agora já faz cinco anos que venho aqui em Aparecida".

Elisangela Cavalheiro.
Elisangela Cavalheiro.
Eraldo de Souza viajou dois dias, vindo de Corrente (PI) para manifestar seu amor a Aparecida.

Devoção começa cedo

Elisangela Cavalheiro.
Elisangela Cavalheiro.
De pai para filho: Adalberto e Samuel.

Caminhando entre os romeiros é possível perceber a presença de muitas crianças e jovens. Incentivados por seus pais, eles também reforçam que a devoção é algo que se cultiva desde pequeno.

Samuel Souto, de 12 anos, acompanhado do seu pai, Adalberto Silva, vieram de Guapiara (SP) com um grupo de 120 pessoas do Santuário Nossa Senhora da Ajuda. "Trouxe meu filho para ele aprender o caminho da oração”, disse o pai. “Eu já sou catequista e pra mim é uma alegria poder participar da minha Igreja. O Terço dos Homens fortalece ainda mais a nossa fé”, completa.

Benedito Souza Barreto, de Nanuque (MG), trouxe com ele o filho Leandro, de 15 anos, e o sobrinho Will Kevelin, de 12 anos. "Precisamos aprender a evangelizar dentro de nossa família, e isso vem desde o berço em nossa casa, com nossos avós e pais. Por isso, trouxe aqui meu filho e sobrinho”. 


Elisangela Cavalheiro.
Elisangela Cavalheiro.
Devoção em família: Leandro, Will e Benedito.

Benedito é vice-prefeito da cidade, e foi um dos incentivadores do grupo que hoje reúne mais de 300 homens. “Incentivamos sempre em nossas reuniões a oração. Nós temos que dar exemplo não só dentro da igreja, mas também fora dela”, acrescenta.  

Apesar de em menor número, algumas mulheres integram a romaria apoiando os esposos, como o casal Luis Laufer e Danusa Laufer, de Cascavel (PR), da Paróquia São Paulo.

Participante há oito meses do grupo do terço, Luis entrou através do incentivo de amigos. “Minha experiência tem sido muito bacana, diferente, e eu carrego um sentimento de agradecimento por poder estar aqui hoje”, destaca. A esposa, também comenta o mesmo sentimento do marido. "É um sentimento de muita alegria e gratificação poder acompanhar o meu esposo e estar aqui no Santuário para reanimar a minha fé", disse.


Thiago Leon.
Thiago Leon.

Romaria encerra com convite especial 

A romaria seguiu no período da tarde com a oração do Santo Terço no Altar Central. Os mais de 70 mil homens lotaram todos os cantos do Santuário para fazer um gesto que se repete sempre nos grupos, mas dessa vez de uma forma toda especial, aos pés da Mãe Aparecida.

A oração motivada pelo coordenador da Romaria do Terço dos Homens, Irmão Viveiros, contou com a presença do bispo referencial, Dom Gil Antônio Moreira, do reitor do Santuário Nacional de Aparecida e do padre Antônio Maria, além de padres que acompanham os diversos grupos.

Na contemplação dos mistérios gozosos, um depoimento era dado por representantes de grupos do Terço dos Homens. Relatos de bênçãos, curas, conversão e confiança mostraram a força da oração. Os romeiros que estavam ao redor do Altar puderam participar colocando as suas intenções na presença do apresentador José Eymard, da TV Aparecida.

Ao final da oração, o reitor do Santuário Nacional, padre João Batista de Almeida, deixou uma palavra de estímulo aos romeiros e fez um convite especial.

40 anos da restauração da Imagem original

Ao falar sobre a proposta do tema deste ano da romaria, que quis rezar em sintonia com as vocações, o reitor aproveitou a presença do grande grupo para convidar os devotos para a celebração dos 40 anos do restauro da Imagem da Padroeira do Brasil, que irá acontecer no mês vocacional.

“No dia 19 de agosto completa-se 40 anos que a Imagem de Nossa Senhora Aparecida depois de sofrer um atentado voltou para a sua casa restaurada, tal e qual Deus a fez pela mão do artista. No dia 19 de agosto, que foi o dia que ela voltou para a Casa, nós queremos convidar você Terço dos Homens e das Mulheres e quem mais puder se juntar a nós, para fazermos uma grande carreata de São Paulo a Aparecida trazendo a Imagem de Nossa Senhora Aparecida”, informou o reitor.

A carreta quer recordar o gesto de 1978, quando a Imagem voltou em um cortejo que atraiu milhares de fiéis, e saiu do vão do Masp até Aparecida, em um caminhão do Corpo de Bombeiros. A comemoração dos 40 anos será preparada com um momento de oração, de maio a agosto, sempre aos sábados, além de outras atividades.

Próxima Romaria do Terço dos Homens

Um anúncio aguardado todo fim de romaria é a data do próximo encontro anual. Em 2019, a 11ª Romaria do Terço dos Homens será realizada nos dias 15 e 16 de fevereiro de 2019.

Saiba mais sobre o Terço dos Homens na página: A12.com/terçodohomens

Veja galeria com alguns momentos marcantes deste sábado:



4 Comentários

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Anterior
Próximo
Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Elisangela Cavalheiro, em Notícias

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.