Por Valquíria Vieira Em Notícias Atualizada em 21 DEZ 2018 - 09H02

9 atletas que deixaram objetos de promessas no Santuário

Entre eles quatro jogadores de futebol fizeram questão de agradecer as bênção recebidas.

A Sala das Promessas do Santuário Nacional guarda diversos objetos de devotos que atribuem graças alcançadas à intercessão de Nossa Senhora Aparecida. Entre esses devotos, estão muitos atletas, de diversas modalidades esportivas.

Thiago Leon
Thiago Leon


Leia MaisO manto azul da Mãe Aparecida e a seleção brasileiraO A12 selecionou algumas fotos dos objetos deixados por atletas que já declararam sua devoção à Padroeira do Brasil.

Alguns devotos revelam suas graças alcançadas; outros somente deixam os objetos e, em alguns casos, torcedores também deixam peças em nome do ídolo ou do time.

O jogador de futebol Cristian Baroni deixou uma camiseta do Corinthians, em setembro de 2015. 



 Cleiton Xavier, também jogador de futebol, deixou uma camiseta do Palmeiras, em junho de 2015.


 
O goleiro Cássio Ramos, entregou uma camiseta do Corinthians autografada, em 2015.



Em 2002, o jogador Ronaldo trouxe ao Santuário Nacional uma camisa da seleção brasileira pela conquista do título de campeã do mundo, e ainda uma réplica do joelho, em cera, agradecendo sua recuperação da lesão sofrida em 2000. 



Além dos jogadores de futebol, outro atleta que já demonstrou sua devoção à Nossa Senhora Aparecida foi o lutador de UFC Junior Cigano que, em 2013, deixou na Sala das Promessas uma camiseta com o seu nome.



Dentre tantas camisas expostas na Sala das Promessas, está também a da jogadora Larissa, da seleção brasileira de vôlei, que deixou escrito que o objeto é em agradecimento a uma graça alcançada.



A atleta Adriana Aparecida Silva agradece a Nossa Senhora Aparecida pelas conquistas de duas medalhas. A esportista deixou dois porta-retratos na Sala das Promessas, com fotos de suas conquistas, agradecendo pelo ouro nos Jogos Pan-americanos do México, em 2011, e da prata no Pan-americano de 2015, no Canadá.


O piloto de automobilismo Hélio Castroneves, quando foi campeão das 500 milhas de Indianápolis, trouxe em agradecimento a Nossa Senhora um par de botas, que está exposto na Sala das Promessas.


Ainda do automobilismo, a Sala das Promessas mantém em exposição um réplica do capacete de Ayrton Senna e um par de luvas, trazidos pela família do piloto.



1 Comentário

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Valquíria Vieira, em Notícias

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.