Por Marília Ribeiro Em Notícias Atualizada em 17 AGO 2019 - 11H41

Gratidão é o sentimento que move um pai atleta na Corrida da Mãe Aparecida

No próximo dia 17 de agosto, o Santuário de Aparecida recebe a 4ª edição da Corrida Mãe Aparecida. Neste ano, 3500 atletas terão a oportunidade de correr sob a proteção da Padroeira do Brasil.

Leia MaisCorrida Mãe Aparecida reúne milhares de atletas neste fim de semana no SantuárioSucesso nas inscrições para a 4ª edição da Corrida da Mãe AparecidaCada participante da competição traz uma motivação especial para concluir o percurso, que pode ser de 4 ou 8 km de corrida e 4 km de caminhada. O pai de família da cidade de Mogi Guaçu (SP), Adriano José da Costa, 39 anos, tem uma motivação muito especial para correr pelo terceiro ano consecutivo: a gratidão.

Ele conta que a sua história com a corrida começou no final de 2015, quando decidiu incentivar a esposa a fazer exercícios físicos. O que para muitos essa decisão é por estética, para eles envolvia o sonho de serem pais.

Arquivo Pessoal: Adriano José da Costa
Arquivo Pessoal: Adriano José da Costa
Adriano e sua esposa Karen em visita à Mãe Aparecida.


Após 11 anos de tentativas para engravidar, a sua esposa iria iniciar um acompanhamento médico, por isso as atividades físicas eram uma recomendação médica. No ano seguinte, em 2016, tendo iniciado os tratamentos necessários, fizeram uma promessa: Batizar o nosso filho ou filha no Santuário, caso a gente recebesse a graça de ser pai e mãe”.

Em 2017, na comemoração do Jubileu dos 300 anos do encontro da imagem de Nossa Senhora Aparecida, Adriano viu a divulgação da Corrida no Santuário e decidiu se inscrever.

Arquivo pessoal: Adriano José da Costa
Arquivo pessoal: Adriano José da Costa


“A nossa família sempre foi muito devota. Eu cresci aprendendo com os meus pais a ser devoto de Nossa Senhora Aparecida. Então, fiz minha inscrição pela primeira vez na corrida para agradecer, explicou.

Foi então que, no dia 16 de setembro, correndo no ano que celebrava os 300 anos de bênçãos da Padroeira do Brasil, a família do Adriano também celebrou a graça de conceber o Gabriel, que já estava, na época, com quatro meses de gestação.

No ano seguinte, em 2018, era a hora de cumprir a promessa de batizar o pequeno Gabriel no Santuário. Foi então que decidiu marcar o batizado para o mesmo fim de semana da corrida, 18 de agosto. E dessa vez não correria sozinho: o padrinho do filho também topou o compromisso de agradecer a intercessão da Mãe Aparecida, oferecendo a Ela o percurso da corrida.

Arquivo pessoal: Adriano José da Costa
Arquivo pessoal: Adriano José da Costa
Batizado do pequeno Gabriel na Capela do Batismo do Santuário de Aparecida.


Assim, foi se firmando o compromisso do Adriano que, feliz pela paternidade, quer participar todos os anos da corrida no Santuário e, daqui para frente, se comprometeu com a Mãezinha em levar a cada ano mais e mais pessoas para correr sob a sua intercessão.

Arquivo pessoal: Adriano José da Costa
Arquivo pessoal: Adriano José da Costa
Adriano e o compadre Alessandro no Santuário, em preparação para a corrida de 2018.


“A gente não é profissional, a gente vai com gás e fé para concluir o percurso e levar no coração a nossa gratidão. Cada quilômetro vai ser para ela, em agradecimento a Ela. Tudo o que eu tenho hoje é graças a fé na intercessão de Nossa Senhora Aparecida”, expressou o pai, que agora também é um corredor.

'Somos chamados a cuidar da Casa da Mãe'


Seja o primeiro a comentar

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Anterior
Próximo
Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Marília Ribeiro, em Notícias

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.