Por Polyana Gonzaga Em Notícias

Lançado subsídio em comemoração aos 10 anos do Documento de Aparecida

Para marcar os dez anos da realização da V Conferência Geral do Episcopado da América Latina e do Caribe, que aconteceu em maio de 2007, em Aparecida (SP), o Santuário Nacional realizou na manhã desta quarta-feira, 31, uma missa solene. A celebração foi presidida pelo Arcebispo de Aparecida, Dom Orlando Brandes e concelebrada pelo reitor do Santuário, padre João Batista de Almeida.

Síntese popular celebra os 10 anos do Documento de Aparecida

Dom Orlando participou da V Conferência como delegado dos bispos de Santa Catarina, na qualidade de bispo diocesano de Joinville.

Durante a celebração foi lançado e distribuído gratuitamente uma síntese popular do Documento de Aparecida. Com 44 páginas, o subsídio apresenta o material final da V Conferência de forma reduzida, apontando as principais chaves e propostas do texto.

::Baixe aqui a síntese popular do Documento de Aparecida::

“O Documento pede que nos deixemos encantar por Jesus Cristo e sejamos discípulos e missionários para tornar a nossa Igreja mais atraente. Se conseguirmos ser a Igreja da atração com discípulos apaixonados, missionários ousados a serviço da vida, estaremos em sintonia com a V Conferência”, afirmou Dom Orlando.

O arcebispo destacou o terceiro capítulo do documento onde é ressaltado a alegria de ser católico e pertencer a Igreja Católica. “Esse documento inspirou toda pastoral da América Latina e inclusive os documentos do Papa Francisco”, completou.

Síntese popular celebra os 10 anos do Documento de Aparecida

O livreto, distribuído gratuitamente no Santuário Nacional, é destinado às lideranças das comunidades e fiéis em geral. A síntese apresenta uma visão global dos textos e traz as pistas apresentadas pelo Documento para a ação evangelizadora no continente americano.

Padroeira do Brasil - Além da celebração dos 10 anos do Documento de Aparecida, a missa também recordou os 86 anos da aclamação de Nossa Senhora Aparecida como Padroeira do Brasil. A festividade aconteceu em 31 de maio de 1931, na cidade do Rio de Janeiro, então capital federal. Participaram da cerimônia cerca de um milhão de pessoas, entre autoridades civis, militares e eclesiásticas, com destaque para a presença do então presidente da república, Getúlio Vargas, e do Núncio Apostólico da época, Dom Aloísio Masella.

1 Comentário

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Polyana Gonzaga, em Notícias

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.