Notícias

Novena de São José: acompanhe as reflexões

Participe, de 7 a 10 e de 13 a 17 de março

Escrito por Redação A12

06 MAR 2023 - 11H19 (Atualizada em 16 MAR 2023 - 10H24)

Leia MaisPor que o dia de São José mudou neste ano?São José, protetor e modeloSer pai como Deus nos ensina: o exemplo de São JoséDe 7 a 10 e de 13 a 17 de março, sempre às 19h (horário de Brasília), na Basílica Histórica, está sendo celebrada a Novena de São José.

Este é um momento importante de preparação, de olhar para si, para nossa família, para nossa Igreja e tentarmos nos aproximar, em todas estas esferas, de São José, no ser, no agir e no sentir.

Neste ano, o tema da Novena, “São José, Patrono da Igreja, ensinai-nos a caminhar juntos!”, nos remete à sua caminhada com Jesus e Maria e a sua missão de construir o Reino de Deus.

Thiago Leon
Thiago Leon


Como participar?

Para quem não puder vir pessoalmente até a Casa da Mãe, é possível acompanhar pela Rede Aparecida de Comunicação - Aparecida Ao Vivo, Aplicativo Aparecida, TV Aparecida e Rádio Aparecida.

Vale lembrar que aqui, no Portal A12, você pode relembrar todos os dias da Novena, caso perca ou queira ouvir e assistir novamente a cada momento.

Você também pode comprar o livro da novena, escrito pelo Padre Queimado e comercializado pela Editora Santuário, para acompanhar este tempo de preparação para o dia de São José.

ADQUIRA SUA EDIÇÃO DIGITAL AQUI

Thiago Leon
Thiago Leon

1º dia: Missão

“A missão de Jesus é a missão de Igreja, e qual é a mensagem de Jesus? Anunciar o Reino de Deus”

A abertura deste tempo de preparação para a Festa de São José iniciou na noite de terça-feira (07). Presidida pelo padre Camilo Júnior, Missionário Redentorista, o momento nos convida a refletir e a pedir para São José nos auxiliar a construirmos novamente a grandeza da união, visto que isto, atualmente, não é uma realidade.

“Se o amor de Cristo nos uniu, nada que eu faça ou que você faça pode nos separar. O amor do Cristo que nos une é muito mais forte, é isso que nós queremos, que São José nos ensine a voltarmos o nosso olhar para o coração do Cristo, onde está o amor que une, o amor que cria comunhão, o amor que renova a fraternidade”, refletiu o padre.

2º dia: Comunhão

A celebração da novena na última quarta-feira (8) foi animada pelo Irmão André Luiz, C.Ss.R. e presidida pelo Missionário Redentorista Padre José Luis Queimado, que enfatizou que para sermos bons cristãos, precisamos conviver e nos amar como irmãos e irmãs na Igreja, para que fora do templo possamos levar o que testemunhamos e contemplamos.

"Quando José soube da gravidez de Nossa Senhora, ele pensou em deixá-la, mas de forma justa, como sempre foi. Mas depois, na revelação que ele teve em sonho, algo raro nos Evangelhos, José vai até Maria, a toma como esposa e, protegendo aquela família, assume a missão que Deus confiou.

Nós queremos nos inspirar em São José para fazer comunhão na Igreja. Deixar todos os nossos projetos mesquinhos que nos atrapalham na missão, ser luz e sal para o mundo que está sem sabor e nas trevas. (...)", compartilhou o padre durante sua reflexão.

3º dia: Participação

Presidida pelo Missionário Redentorista, padre José Luis Queimado, o momento nos convidou a reflexão sobre como todos somos importantes na construção da Igreja.

São José participou ativamente desta primeira Igreja, desta assembleia reunida, Santa Assembleia, que é a Santíssima Trindade, a família, a nossa Família Igreja (...) e São José participa de verdade, ele não só assiste, ele coloca todos os seus dons a serviço”, exemplifica o padre sobre como devemos participar ativamente de nossa família e de nossa Igreja, assim como o santo.

4º dia: Discernimento

Presidida pelo padre Camilo Júnior, Missionário Redentorista, a quarta noite da Novena em preparação a Festa de São José foi uma reflexão sobre percebermos a vontade de Deus em nossa vida.

Pe. Camilo retoma a vida de José, quando ele descobriu a gravidez de Maria, pois a lei dava a José o direito de apedrejá-la, por estar grávida antes do casamento e de alguém que não era seu marido.

José não é movido pela lei, José é movido pelo amor e quando o amor de Deus reveste a nossa vida, nós somos chamados a fazer muito mais do que aquilo que a lei pede (...) mas naquele momento, difícil, sem entender o que estava acontecendo, José fez uma grande atitude de amor, mesmo não entendendo o que estava acontecendo, José escolhe continuar amando Maria”, explica o padre sobre como sempre escolhemos o que é certo e santo quando ouvimos o que Deus espera de nós, quando amamos.

5º dia: Sensibilidade

O quinto dia de reflexão de preparação para a Festa de São José aconteceu nesta segunda-feira (13) e foi presidida pelo padre José Luis Queimado, Missionário Redentorista.

“A Igreja precisa voltar para si e perceber que uma grande missão que ela tem é ser sensível as pessoas, aos caminhantes deste mundo. Sensível significa sentir com o outro, principalmente a dor do outro, você se deixar tocar.

Se a Igreja se tornar rígida, se a Igreja se fechar em si mesma, ela já não vai perceber mais as dores dos seus membros, ela já vai se sentir então anestesiada”, explicou o padre sobre a sensibilidade necessária no organismo da Igreja.

6º dia: Inclusão

Na noite da última terça-feira (14), o momento oracional foi presidido pelo missionário redentorista Padre Reinaldo Beijamim, que refletiu a respeito do exemplo de São José para sermos também uma Igreja inclusiva.

"Olhamos a atitude de Maria e José, que acolheram os pastores que eram rejeitados pela fé judaica, e tratados como ignorantes, logo então eram considerados indignos da salvação. Mas Deus escolhe eles para serem os primeiros a verem o menino Jesus na manjedoura. 

Um grande exemplo de inclusão é o próprio Cristo, que curou tantos leprosos excluídos da comunidade, devolveu para eles a dignidade. E assim, como São José, somos convidados a ser homens e mulheres justos, não justiceiros!

Mas pessoas honestas, amorosas, que levam o amor de Deus ao irmão e a irmã! Só seremos uma Igreja sinodal se nós como Cristo olharmos com compaixão, não julgar e estender as mãos para incluir o diferente no caminho de Deus", disse o sacerdote.

7º dia: Respeito

O sétimo dia de reflexão em preparação para a Festa de São José foi presidido pelo Missionário Redentorista padre José Luis Queimado.

Pelo respeito que São José demonstrou à Virgem Maria, nós pedimos a Deus que nos ensine a proceder da mesma forma com as pessoas que vivem conosco e participam de nosso cotidiano”, suplicou pe. Queimado.

O sacerdote explica o quanto a reflexão deste dia é importante para caminharmos juntos na Igreja, exatamente pelo respeito ser a base da relações.

O respeito precisa existir na Igreja, é uma vocação para todos nós, respeitarmos a criatura do Senhor, nosso Deus. A criação que é bela, no Gênesis, depois de criar, Ele olha para a sua criação e vê que tudo é bom, então nós somos criaturas, a criação do Senhor que Ele mesmo julgou ser boa.

Então, quando nós olhamos uns para os outros, nós devemos o respeito a esta criatura, esta criação lindíssima de Deus”, instruiu o padre.

Seja o primeiro a comentar

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Redação A12, em Notícias

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.

Bem vindo!


Para completar seu cadastro, por favor, verifique seu e-mail e defina sua senha.
Caso não encontre o e-mail na sua caixa de entrada, por favor, verifique na caixa de SPAM/TRASH/LIXO ELETRÔNICO.