Por Marília Ribeiro Em Notícias Atualizada em 03 MAI 2019 - 14H50

Primeiras romarias de Nossa Senhora Aparecida

Thiago Leon
Thiago Leon
Romaria da Arquidiocese do Rio de Janeiro no Santuário de Aparecida em agosto de 2017

Diariamente, milhares de romeiros chegam ao Santuário Nacional para visitar a imagem de Nossa Senhora Aparecida em seu nicho, participar da santa missa e visitar os diversos pontos turísticos que narram um pouco da história desses mais de 300 anos de bênçãos.

Você sabia que as romarias em direção ao Santuário de Aparecida começaram mesmo antes da construção da primeira igreja, em 1745? Desde 1717, a partir do encontro da imagem de Nossa Senhora Aparecida, muitas famílias já se organizavam para se reunir e venerar a Mãe de Deus, chamada pelos pescadores de Aparecida.

Confira algumas curiosidades sobre a presença das romarias na casa da Mãe Aparecida:

* Em 1817 aumentou o número das romarias vindas das cidades do estado de São Paulo e Minas Gerais;

* Em 1894, os missionários redentoristas recém-chegados da Alemanha registravam cerca de 150 mil romeiros por ano no Santuário de Aparecida;

* Naquela época, os transportes mais comuns das romarias eram o trem, cavalos, burros, cargueiros e caminhões com romeiros em suas carretas;

* A notícia da primeira romaria organizada é datada de 9 de setembro de 1873, vinda da cidade vizinha de Guaratinguetá (SP), com os devotos da Paróquia de Santo Antônio;

* Em 1900 começaram as grandes romarias, que vinham ao Santuário para celebrar o ano jubilar da redenção, organizada pelas paróquias, dioceses, padres e bispos;

::Confiras as Romarias que estarão no Santuário nesse fim de semana

* Entre as grandes romarias, destaca-se a da Arquidiocese de São Paulo, no dia 8 de setembro de 1900, e da Arquidiocese do Rio de Janeiro, em 16 de dezembro do mesmo ano;

* Até a década de 1940, havia um ritual especial para a chegada e partida das romarias no Santuário. Um missionário redentorista era responsável por encontrar as romarias na Central do Brasil, para seguirem em comboio até o Santuário com cânticos e preces. O mesmo acontecia no retorno, sempre acompanhados de uma banda de música para animar os peregrinos;

* Em 1972, foram organizadas as romarias nacionais das Conferências Vicentinas, dos Congregados Marianos, do Apostolado da Oração, da Legião de Maria, dos Irmãos do Santíssimo e da Irmandade do Rosário.

Atualmente, são mais de 200 mil romeiros em um único fim de semana no Santuário Nacional, vindos de todos os cantos do Brasil e do mundo. Nesses mais de 300 anos de história, os peregrinos rumam ao Santuário das formas mais diversas, para agradecer e pedir a intercessão da Mãe Aparecida.


Fonte: Livro História de Nossa Senhora Aparecida (Júlio J. Brustoloni) / Ecos Marianos 2016 (Editora Santuário)

4 Comentários

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Anterior
Próximo
Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Marília Ribeiro, em Notícias

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.