Notícias

Santuário Nacional acolhe Pastoral dos Brasileiros no Exterior

O Bispo referencial para a Pastoral, Dom Adilson Pedro Busin, concedeu uma entrevista exclusiva ao A12

Escrito por Letícia Dias

24 JUN 2023 - 00H00 (Atualizada em 24 JUN 2023 - 12H47)

Arquivo Pessoal

Neste fim de semana, dias 24 e 25, o Santuário Nacional acolhe a Pastoral dos Brasileiros no Exterior (PBE), por ocasião da 38ª Semana do Migrante. Leia MaisA programação do fim de semana na Casa da Mãe

Neste sábado (24) a Missa das 9h foi presidida pelo Missionário Redentorista e Prefeito de Igreja do Santuário Nacional, Pe. Diego Antônio da Silva e a de amanhã (25), às 12h será presidida pelo bispo auxiliar de Porto Alegre (RS) e referencial da Pastoral dos Brasileiros no Exterior, Dom Adilson Pedro Busin.

Dom Adilson assume a Diocese de Tubarão (SC) no próximo dia 2 de julho e há pouco tempo esteve em missão na Alemanha, Bélgica, Irlanda e Inglaterra para visitar comunidades de brasileiros que estão nesses países.

Em entrevista ao A12, o Bispo expressou o sentimento em vir até à Casa da Mãe.

“Como romeiro é uma graça ter marcado estas Missas há quase um ano... Estou com esse sentimento de gratidão. Esta minha visita é também para presidir essas celebrações na qual a intenção é justamente os brasileiros e migrantes fora do Brasil, afirmou Dom Adilson.

O Bispo comentou ainda sobre a importância dos brasileiros que vão para fora do Brasil, principalmente os missionários e missionárias, para a evangelização.

“Os missionários são tão importantes! Em Londres, por exemplo, as irmãs foram muito elogiadas, pois elas podem escutar as mulheres nos seus traumas, dramas e histórias de sofrimentos. A presença feminina é tão importante, sobretudo, no exílio, na migração longe de casa, da cultura, essa presença do feminino é apreciada pelas igrejas”

Dom Adilson disse também que as comunidades brasileiras no exterior são bem vistas pelos Bispos e que essa impressão teve principalmente na Irlanda. “Na Irlanda encontrei com o embaixador e [as comunidades] são bem valorizadas e apreciadas, inclusive, recebendo mérito da embaixada pelos serviços que prestam”.

Sobre a missionariedade gerada a partir da presença dos leigos, o Bispo explicou que os migrantes católicos revigoram e revitalizam as igrejas locais.

“Recordo o fato da igreja em Londres que ia fechar e não queriam que os brasileiros fossem lá, porque a igreja era deles, e hoje, graças aos brasileiros, a comunidade um pouco mais anciã também tem a Missa e o Padre pode rezar com eles [...] Muito jovens são verdadeiros exemplos de missionariedade pelos seus trabalhos evidentes, levam também a fé e formam comunidades e dão vigor novo à Igreja local, relatou.

Saiba mais aqui sobre o tema Migrações 



Seja o primeiro a comentar

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Carregando ...

Reportar erro!

Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou de uma informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Letícia Dias, em Notícias

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.

Carregando ...