Por Pe. Luiz Carlos de Oliveira, C.Ss.R. Em Artigos Atualizada em 27 MAR 2019 - 16H39

A Eucaristia cura

cruz_eucaristia

1435.Dinamismo da Graça

A Eucaristia é o grande dom que Jesus preparou para nós no momento precioso de sua vida entre nós que foi a Santa Ceia. No auge de seu amor, deu-Se na Cruz e, querendo que esse dom permanecesse, deu este sacramento que é o memorial da redenção. O Pão e o Vinho consagrados são o Corpo e o Sangue do Senhor. Ele está presente. É uma questão de fé. Há quem não creia, mas saiba que vale a pena crer, pois na Eucaristia temos todos os dons da salvação e por ela entramos em comunhão com Deus no Corpo e Sangue de Cristo. Ela possui os dinamismos da Graça. Por que usamos pão e vinho? Os antigos autores, homens que aprofundaram nossa Fé, ensinavam que o que era visível na humanidade de Cristo é agora visível nos sinais sacramentais. São símbolos, isto é, realizam o que significam. Dinamismos da Graça são os dons que nos trouxe em sua obra de redenção. A Eucaristia cura. Isso nos leva a sair da concepção da Eucaristia como prêmio para os bonzinhos e puros, mas remédio para os pecadores. Jesus mesmo dizia: “Não são os que têm saúde que precisam de médico, mas sim os doentes. Ide, pois aprender o que significa: misericórdia é que eu quero, e não sacrifício. Com efeito, eu não vim chamar os justos, mas os pecadores”(Mt 9,12-13). A participação do sacramento é também para o crescimento. Quanto mais acolhemos a graça da Eucaristia, mais entramos em comunhão com Cristo e Nele, com a Trindade. Ela fortalece por ser alimento, carne do Senhor. A dimensão alimento é fundamental, pois usa as palavras: tomai e comei, tomai e bebei! Não podemos tomar a Eucaristia somente num sentido de piedade e devoção, mas como busca de alimento para a Vida. A Eucaristia age em nós, é bom agirmos com ela.

1436.Dinamismo de vida

As missas de cura são muito procuradas. É verdade que a Eucaristia pode curar nossos males. Como é todo o mistério de Cristo que se celebra, sua ação curativa está sempre a nosso dispor. Lemos que por suas chagas somos curados (1Pd 2,24; Is 53,5). O gesto de Jesus na Última Ceia não foi somente um gesto prático para partir o pão e distribuir. Ali está colocado o dinamismo da cura do mundo. Seu corpo na cruz foi partido para o perdão e comunhão com Deus. Vivendo o ensinamento da Eucaristia podemos aprender que além de adorar e alimentar-nos dela, temos a missão de continuar o gesto de Jesus: providenciar o pão pelo milagre do amor e reparti-lo para que todos tenham vida. É uma escola social. É mais fácil adorar, amar e louvar que colocar a mão no sofrimento dos irmãos que passam fome pelo mundo afora e fazer da Eucaristia um gesto concreto de salvação e cura dos males do mundo. Às vezes as missas e os cultos são vazios. O profeta Isaias diz que o culto sem justiça social é desagradável a Deus. É uma ofensa a Deus em lugar de um louvor.

1437.Recolhendo os fragmentos.

Depois do milagre da multiplicação dos pães Jesus mandou que recolhessem os pedaços que sobraram para que nada se perdesse (Jo 6,12). Por mais estranho que pareça, o Deus que fez tudo em abundância, deseja que tudo seja bem aproveitado tanto na natureza física, como nas pessoas. Somos tão frágeis, mas para Deus o pouco em valor de muito. O lixo do mundo é muito rico. Ninguém é lixo, ninguém está sobrando. Todos têm riquezas imensas, mesmo cobertas de fragilidade e pobreza. Deus quer que todos possam ser valorizados e todos os bens preservados. A Eucaristia que cura ensina a não perder os valores das pessoas, da natureza, das culturas e da graça. Cada comunhão tem em si a esperança de renovação do mundo. Este está ao nosso lado, em nossas casas.

 

1 Comentário

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Anterior
Próximo
Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Pe. Luiz Carlos de Oliveira, C.Ss.R., em Artigos

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.