Por Pe. Valdivino Guimarães, CSsR Em Artigos

Eis aqui a serva do Senhor…

Anunciação do Senhor

É sempre oportuno, e se faz necessário celebrar e refletir acerca de algumas festas do calendário litúrgico da Igreja. Nesta edição do Jornal Santuário, achamos oportuno acenar de forma acurada para a festa da Anunciação do Senhor. Esta festa destaca a grandeza do amor de Deus pela humanidade, de tal forma, que quis habitar entre nós por meio de seu filho Jesus. Para tão nobre missão, Maria fora escolhida.

De família simples, e de uma vila que não tinha destaque diante de cidades afamadas, Maria recebe o mensageiro do céu. O recado de Deus é o olhar do criador que se entrelaça com o olhar de Maria que é a face da humanidade. O anjo Gabriel aproxima da virgem e a saúda. Maria é tomada de espanto e da graça de Deus. A saudação do anjo é simples, e um convite à alegria: “Alegra-te…” (Lc 1,28). Esse convite é todo messiânico, é a ação de Deus na vida do povo por meio de Maria que se faz tenda para acolher o Filho do altíssimo que vem morar entre todos.

É pertinente destacar na perícope que a Virgem Maria recebe três nomes que a caracteriza. O primeiro, é dado pelo céu por intermédio do mensageiro, este, a chama de “cheia de graça”, é um nome profético, isso é bastante comum quando alguém recebe uma missão dada por Deus. Outro nome é o social: Maria. Por este nome é conhecida entre os seus e na vizinhança. O outro, é ela mesma que se dá: “serva do Senhor”. Denota que ao escutar o recado de Deus, ela questiona. Tendo clareza de sua missão, sem pedir “descontos e abrandamentos”, se doa totalmente em vista da vontade de Deus. Contudo, a comunicação que sai dos lábios do anjo contém sentido e fala de Maria e de sua missão:

*Alegra-te: Convite para que Maria faça parte da grande alegria que as gentes estão prestes a viver e festejar, que é a vinda do Messias.

*Cheia de graça: Maria não é uma mulher qualquer, é dileta, é especial, afinal, para ser a mãe de Deus não poderia ser qualquer mulher, deveria estar revestida de qualidades bem vistas aos olhos do Criador.

*O Senhor está contigo: A missão de Maria é espinhosa, exigente, geraria dor e lágrimas, mas contaria com a companhia do Senhor, concedendo-lhe forças e graças para levar avante a missão que lhe fora confiada.

Maria, tocada pelo Altíssimo, externa de coração escancarado a resposta que agradou a Deus: “Eu sou a serva do Senhor, que se faça segundo a tua palavra”.

Obtida a resposta, o anjo se retira e Maria continua aparentemente a mesma. Mas modificada pela graça Daquele que lhe confia o messias que é a resposta para a espera de Israel e dos homens da terra. Com a anunciação, “Maria inicia um longo caminho de peregrinação na fé, acolhendo o apelo de Deus. Aceita a proposta do Senhor com o coração aberto, num grande gesto de generosidade e de fé”. Tomados pelo exemplo da Mãe de Deus, a primeira seguidora de Cristo, saibamos todos colocar nossas vidas a serviço Daquele que nos chama a vida e que nos quer colaboradores do Reino de Deus.

Pe. Valdivino Guimarães, CSsR

Diretor da Academia Maria de Aparecida

Seja o primeiro a comentar

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Pe. Valdivino Guimarães, CSsR, em Artigos

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.