Por Pe. Valdivino Guimarães, C.Ss.R. Em Catequese Atualizada em 02 OUT 2017 - 12H01

Dedicação da Basílica de Santa Maria Maior

basilica_santa_mariamaior 

A belíssima Basílica de Santa Maria Maior, também conhecida como Basílica de Nossa Senhora das Neves, ou Basílica Liberiana, é uma das basílicas papais. Nas extremidades da rua Merulana é possível vislumbrar duas das basílicas papais, a saber: Santa Maria Maior e São João de Latrão.

Construída entre 432 e 440, durante o pontificado do Papa Sisto III, e dedicada ao culto da Santa Mãe de Deus, cujo dogma da Divina Maternidade fora declarado pelo Concílio de Éfeso (431). basilica_santa_maria_maior_11

Ao solicitar a construção desta igreja, o Papa solicitou que fosse grande e majestosa, e é pela grandiosidade desta igreja é que a ela deu-se o nome pelo qual é conhecida: Basílica de Santa Maria Maior.

Nesta igreja foi realizado o primeiro presépio sobre o qual se tem conhecimento, por isso ficou também conhecida como “Basílica de Santa Maria do Presépio”. Aqui encontram-se os primeiros e mais belos mosaicos alusivos à Virgem. É indizível a beleza desta basílica e é de fato, um dos maiores e mais belos santuários da cristandade.

A festa litúrgica da “Dedicação de Santa Maria Maior” que acontece no dia 5 de agosto passou a constar no calendário litúrgico a partir do ano de 1568.

 

Seja o primeiro a comentar

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Anterior
Próximo
Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Pe. Valdivino Guimarães, C.Ss.R., em Catequese

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.