Por Rita de Sá Freire Em Catequese

Especial 13 de maio (IV) - A mensagem de Fátima

 Benção das velas, oração do rosário, procissão e missa no Santuário de Fátima no dia 12 de maio

Capítulo II - A mensagem de Fátima e o Triunfo do Imaculado Coração de Maria.

  • O Segredo de Fátima

Durante as aparições de Nossa Senhora de Fátima aos três pastorinhos (Lúcia, Francisco e Jacinta), a Virgem Maria fez revelações que ficaram conhecidas como o "Segredo de Fátima". De acordo com Irmã Lúcia, trata-se de um único segredo composto por três partes.

A 1ª e a 2ª parte do Segredo foram escritas por Irmã Lúcia no dia 31 de agosto de 1941 e destinada ao Bispo de Leiria – Fátima. Logo, tornaram-se públicas. Já a 3ª parte do Segredo foi escrita em 1944 em correspondência privada para ser aberta somente pelo Papa. Apenas em 26 de Junho de 2000, a 3ª parte do Segredo foi publicada na íntegra pelo Vaticano.

Primeira e Segunda parte do Segredo de Fátima, de acordo com a transcrição da carta da Irmã Lúcia:

“Bem o segredo consta de três coisas distintas, duas das quais vou revelar.

  • A primeira foi pois a vista do inferno!

Nossa Senhora mostrou-nos um grande mar de fogo que parecia estar debaixo da terra. Mergulhados em esse fogo os demônios e as almas, como se fossem brasas transparentes e negras, ou bronzeadas com forma humana, que flutuavam no incêndio levadas pelas chamas que d'elas mesmas saiam, juntamente com nuvens de fumo, caindo para todos os lados, semelhante ao cair das fagulhas em os grandes incêndios sem peso nem equilíbrio, entre gritos e gemidos de dor e desespero que horrorizava e fazia estremecer de pavor. Os demônios distinguiam-se por formas horríveis e asquerosas de animais espantosos e desconhecidos, mas transparentes e negros. Esta vista foi um momento, e graças à nossa boa Mãe do Céu; que antes nos tinha prevenido com a promessa de nos levar para o Céu (na primeira aparição) se assim não fosse, creio que teríamos morrido de susto e pavor.

Em seguida, levantamos os olhos para Nossa Senhora que nos disse com bondade e tristeza:

— Vistes o inferno, para onde vão as almas dos pobres pecadores, para salvá-las, Deus quer estabelecer no mundo a devoção a meu Imaculado Coração. Se fizerem o que eu disser salvar-se-ão muitas almas e terão paz. A guerra vai acabar, mas se não deixarem de ofender a Deus, no reinado de Pio XI8 começará outra pior. Quando virdes uma noite, alumiada por uma luz desconhecida, sabei que é o grande sinal que Deus vos dá de que vai a punir o mundo de seus crimes, por meio da guerra, da fome e de perseguições à Igreja e ao Santo Padre. Para impedi-la virei pedir a consagração da Rússia a meu Imaculado Coração e a comunhão reparadora nos primeiros sábados. Se atenderem a meus pedidos, a Rússia se converterá e terão paz, se não, espalhará seus erros pelo mundo, promovendo guerras e perseguições à Igreja, os bons serão martirizados, o Santo Padre terá muito que sofrer, várias nações serão aniquiladas, por fim o meu Imaculado Coração triunfará. O Santo Padre consagrar-me-á à Rússia, que se converterá, e será concedido ao mundo algum tempo de paz.”

  • Terceira parte do Segredo de Fátima, segundo a transcrição da carta da Irmã Lúcia:

“Escrevo em ato de obediência a Vós Deus meu, que me mandais por meio de sua Ex.cia Rev.ma o Senhor Bispo de Leiria e da Vossa e minha Santíssima Mãe.

Depois das duas partes que já expus, vimos ao lado esquerdo de Nossa Senhora um pouco mais alto um Anjo com uma espada de fogo em a mão esquerda; ao cintilar, despedia chamas que parecia iam incendiar o mundo; mas apagavam-se com o contacto do brilho que da mão direita expedia Nossa Senhora ao seu encontro: O Anjo apontando com a mão direita para a terra, com voz forte disse: Penitência, Penitência, Penitência! E vimos numa luz imensa que é Deus: “algo semelhante a como se vêem as pessoas num espelho quando lhe passam por diante” um Bispo vestido de Branco “tivemos o pressentimento de que era o Santo Padre”. Vários outros Bispos, Sacerdotes, religiosos e religiosas subir uma escabrosa montanha, no cimo da qual estava uma grande Cruz de troncos toscos como se fora de sobreiro com a casca; o Santo Padre, antes de chegar aí, atravessou uma grande cidade meia em ruínas, e meio trêmulo com andar vacilante, acabrunhado de dor e pena, ia orando pelas almas dos cadáveres que encontrava pelo caminho; chegado ao cimo do monte, prostrado de joelhos aos pés da grande Cruz foi morto por um grupo de soldados que lhe dispararam vários tiros e setas, e assim mesmo foram morrendo uns trás outros os Bispos Sacerdotes, religiosos e religiosas e varias pessoas seculares, cavalheiros e senhoras de varias classes e posições. Sob os dois braços da Cruz estavam dois Anjos cada um com um regador de cristal em a mão, neles recolhiam o sangue dos Mártires e com ele regavam as almas que se aproximavam de Deus. Tuy-3-1-1944”.

 

  • Síntese do Segredo:

A 1ª e a 2ª parte do segredo nos trazem as seguintes informações:

- a visão do inferno como um alerta para os pecadores;

- o desejo de Deus em estabelecer no mundo a devoção ao Imaculado Coração de Maria;

- o aviso de que ocorrerá outra guerra pior que a I guerra mundial, caso a humanidade não deixe de ofender a Deus;

- o aviso de que se a Rússia não for consagrada ao Imaculado Coração de Maria, esse país espalhará seus erros (comunismo ateu) pelo mundo, promovendo guerras e perseguições à Igreja e sofrimento ao Santo Papa.

- o triunfo final do Imaculado Coração de Maria sobre as potências do mal.

 

A 3ª parte do segredo:

- chama a humanidade à penitência;

- descreve, de forma profética, a perseguição da Igreja Católica com perigo de morte aos membros da alta hierarquia, até mesmo ao Papa. Ressalte-se que a Irmã Lúcia associa a esse segredo, o atentado sofrido, posteriormente, pelo Papa João Paulo II.

Segundo o Documento “A Mensagem de Fátima” da Congregação para Doutrina da Fé: “Não era razoável que o Santo Padre, quando, depois do atentado de 13 de Maio de 1981, mandou trazer o texto da terceira parte do «segredo », tivesse lá identificado o seu próprio destino? Esteve muito perto da fronteira da morte, tendo ele mesmo explicado a sua salvação com as palavras seguintes: «Foi uma mão materna que guiou a trajetória da bala e o Papa agonizante deteve-se no limiar da morte» (13 de Maio de 1994). O fato de ter havido lá uma «mão materna» que desviou a bala mortífera demonstra uma vez mais que não existe um destino imutável, que a fé e a oração são forças que podem influir na história e que, em última análise, a oração é mais forte que as balas, a fé mais poderosa que os exércitos”.

Refletindo sobre o segredo, pode-se presumir que o elemento principal das mensagens de Fátima é um apelo à salvação, pois nos chama à mudança de vida, à conversão e à penitência. Em suas mensagens, a Virgem Maria indica os meios de salvação: a recitação do Rosário, a prática dos Cinco Primeiros Sábados, a devoção ao Imaculado Coração de Maria.

De acordo com o Documento “A Mensagem de Fátima” da Congregação para Doutrina da Fé:

a visão de Fátima refere-se, sobretudo à luta dos sistemas ateus contra a Igreja e os cristãos e descreve o sofrimento imane das testemunhas da fé do último século do segundo milênio. É uma Via Sacra sem fim, guiada pelos Papas do século vinte.”

Por fim, vale reforçar a ideia de que o segredo de Fátima não deve ser visto como ameaça de uma mãe insensível, mas como uma mensagem de esperança e um aviso de uma mãe caridosa e misericordiosa, escolhida por Deus para atuar no Plano Divino de salvação da humanidade.

“Por fim, Meu Imaculado Coração Triunfará”

 

Rita de Sá Freire

Associada da Academia Marial de Aparecida

Apostolado Nos Passos de Maria

www.nospassosdemaria.com.br

Seja o primeiro a comentar

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Anterior
Próximo
Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Rita de Sá Freire, em Catequese

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.