Por Carmen Novoa Silva Em Palavra do Associado Atualizada em 03 OUT 2017 - 08H21

Honraria Da Imaculada

honraria_da_imaculada 

Recentemente um familiar esteve na Espanha e escolheu a província de Santiago de Compostela, na região da Galícia para conhecer sua famosa catedral. Esta, dedicada a São Tiago, o apóstolo de Cristo que vindo à sua época missionar em terras hispânicas ali criou raízes profundas e deu nome a cidade e além de ser considerado o padroeiro da Espanha. Sua festividade dá-se no dia 25 de Julho. É necessário explicar o porquê do nome Compostela. Significa: (Campo de estrela). Deriva-se do fato de em tempos remotos muitas pessoas visualizarem em determinado lugar do campo uma constelação. Era ali que estava enterrado o santo. Até então o lugar era desconhecido. Retornando ao início do parágrafo cito que este parente foi em ano jubilar, ou seja, todo ano que inicia uma nova década. Foi à Espanha em 2010. Deu-me a notícia como curiosidade. Lá foi criada uma comenda, ou medalha intitulada “Peregrino de Santiago” que é oferecida a toda e qualquer pessoa ou instituição que zele por aquele patrimônio portentoso que é a Catedral. E zelar diz-se em atos, idéias postas em execução, aporte financeiro, ou voluntariado do simples ao mais elevado em forma de engrandecimento ao que se revelou objeto de peregrinação mundial.

Tomo isso como exemplo, guardando as devidas proporções, para Manaus e sua Catedral. A tricentenária Catedral de N. S. da Conceição. É tombada pelo patrimônio histórico estadual e municipal. E carecendo de segurança pública. O entorno prejudicadíssimo pela proliferação de ambulantes que vão desde os que “comercializam” objetos “piratas” os que ferem o regime secular das feiras e implantam a feira diária nas tradicionais e históricas Av. Eduardo Ribeiro e Av. Sete de Setembro. Em vista desse código de posturas do município ser desrespeitado e até debochado; Por motivo da tentativa de transformar o primeiro monumento arquitetônico da cidade (A Catedral) numa visualização “trash” por que não um projeto similar ao de Santiago de Compostela? É a propositura mediante assembléia da recém criada “Associação dos Amigos da Catedral” da criação da medalha de mérito Catedral da Imaculada. A mencionada medalha seria concedida a pessoas ou entidades que tenham praticado atos relevantes (voluntariado ajudas financeiras, divulgação etc) pró-Catedral como patrimônio histórico tombado. A finalidade dessa outorga seria a de expressar o reconhecimento a instituições públicas ou privadas, autoridades e aos cidadãos que particularmente façam da filantropia um exercício de vida a serviço da terra amazonense. A medalha nesta época neo-secular surgiria como estímulo, incentivo e reconhecimento aos homens de boa-vontade no resgate desse valioso monumento feito relicário de inúmeras gerações. A honraria seria conferida em solenidade apropriada no mês de Dezembro, mês da Padroeira, N. S. da Conceição em lugar de destaque para tal fim. Isso seria a primeira honraria dessa espécie a ser conferida por uma associação católica em similitude a da catedral renomada do país espanhol.

Quanto a Associação dos Amigos da Catedral criada no dia 8 de setembro de 2011 tendo como presidente de honra D. Luíz Soares Vieira surgiu para dar legitimidade a voz e aos atos. Surgiu como forma de ser ouvido pelas autoridades instadas a bem servir a comunidade e o patrimônio da cidade. Do contrário sempre veríamos a indiferença e o virar de costas como se não fosse da competência da administração pública cuidar de um bem histórico e tombado. Frisa-se que a Associação não possui fins lucrativos. Ninguém é obrigado a arcar com as despesas financeiras. Basta contribuir com idéias e atos cujo objetivo seja o resgate daquele belo cartão postal de muitas e muitas gerações. Este ano será a 3ª edição da outorga da Comenda e Diploma. E há 3 anos já estamos vendo a Catedral colocando-se no seu lugar. De dignidade e respeito dos da terra.

 

*Carmen Novoa Silva é membro da Academia Amazonense de Letras

E-mail: novoasilva@yahoo.com.br

Recentemente um familiar esteve na Espanha e escolheu a província de Santiago de Compostela, na região da Galícia para conhecer sua famosa catedral. Esta, dedicada a São Tiago, o apóstolo de Cristo que vindo à sua época missionar em terras hispânicas ali criou raízes profundas e deu nome a cidade e além de ser considerado o padroeiro da Espanha. Sua festividade dá-se no dia 25 de Julho. É necessário explicar o porquê do nome Compostela. Significa: (Campo de estrela). Deriva-se do fato de em tempos remotos muitas pessoas visualizarem em determinado lugar do campo uma constelação. Era ali que estava enterrado o santo. Até então o lugar era desconhecido. Retornando ao início do parágrafo cito que este parente foi em ano jubilar, ou seja, todo ano que inicia uma nova década. Foi à Espanha em 2010. Deu-me a notícia como curiosidade. Lá foi criada uma comenda, ou medalha intitulada “Peregrino de Santiago” que é oferecida a toda e qualquer pessoa ou instituição que zele por aquele patrimônio portentoso que é a Catedral. E zelar diz-se em atos, idéias postas em execução, aporte financeiro, ou voluntariado do simples ao mais elevado em forma de engrandecimento ao que se revelou objeto de peregrinação mundial. Tomo isso como exemplo, guardando as devidas proporções, para Manaus e sua Catedral. A tricentenária Catedral de N. S. da Conceição. É tombada pelo patrimônio histórico estadual e municipal. E carecendo de segurança pública. O entorno prejudicadíssimo pela proliferação de ambulantes que vão desde os que “comercializam” objetos “piratas” os que ferem o regime secular das feiras e implantam a feira diária nas tradicionais e históricas Av. Eduardo Ribeiro e Av. Sete de Setembro. Em vista desse código de posturas do município ser desrespeitado e até debochado; Por motivo da tentativa de transformar o primeiro monumento arquitetônico da cidade (A Catedral) numa visualização “trash” por que não um projeto similar ao de Santiago de Compostela? É a propositura mediante assembléia da recém criada “Associação dos Amigos da Catedral” da criação da medalha de mérito Catedral da Imaculada. A mencionada medalha seria concedida a pessoas ou entidades que tenham praticado atos relevantes (voluntariado ajudas financeiras, divulgação etc) pró-Catedral como patrimônio histórico tombado. A finalidade dessa outorga seria a de expressar o reconhecimento a instituições públicas ou privadas, autoridades e aos cidadãos que particularmente façam da filantropia um exercício de vida a serviço da terra amazonense. A medalha nesta época neo-secular surgiria como estímulo, incentivo e reconhecimento aos homens de boa-vontade no resgate desse valioso monumento feito relicário de inúmeras gerações. A honraria seria conferida em solenidade apropriada no mês de Dezembro, mês da Padroeira, N. S. da Conceição em lugar de destaque para tal fim. Isso seria a primeira honraria dessa espécie a ser conferida por uma associação católica em similitude a da catedral renomada do país espanhol. Quanto a Associação dos Amigos da Catedral criada no dia 8 de setembro de 2011 tendo como presidente de honra D. Luíz Soares Vieira surgiu para dar legitimidade a voz e aos atos. Surgiu como forma de ser ouvido pelas autoridades instadas a bem servir a comunidade e o patrimônio da cidade. Do contrário sempre veríamos a indiferença e o virar de costas como se não fosse da competência da administração pública cuidar de um bem histórico e tombado. Frisa-se que a Associação não possui fins lucrativos. Ninguém é obrigado a arcar com as despesas financeiras. Basta contribuir com idéias e atos cujo objetivo seja o resgate daquele belo cartão postal de muitas e muitas gerações. Este ano será a 3ª edição da outorga da Comenda e Diploma. E há 3 anos já estamos vendo a Catedral colocando-se no seu lugar. De dignidade e respeito dos da terra.

 

*Carmen Novoa Silva é membro da Academia Amazonense de Letras

E-mail: novoasilva@yahoo.com.br

Seja o primeiro a comentar

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Anterior
Próximo
Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Carmen Novoa Silva, em Palavra do Associado

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.