Nossa Senhora das Graças (Shutterstock)
Palavra do Associado

Mãe e Rainha de todas as Graças

Escrito por Academia Marial

27 NOV 2020 - 09H00 (Atualizada em 08 DEZ 2020 - 10H13)

Por Maria são alcançadas inúmeras graças entre seus fiéis devotos, Ela é responsável por acolher em seu coração de mãe, interceder junto a seu filho Jesus, e por suas mãos, conceder as graças que Deus confia a cada um de seus filhos.

Deus em seus infinitos mistérios quis utilizar-Se da Santíssima Virgem, através da luz do Espírito Santo, para trazer ao mundo Seu filho Jesus que nos deu a maior de todas as graças, a nossa redenção, através de sua morte e ressurreição. Deus que é uma fonte inesgotável de graças, também escolheu Nossa Senhora para ser a medianeira das graças dispensadas por seu Filho. Deus, através do Anjo Gabriel, na Anunciação já nos revela Maria como a cheia de graça: “Alegra-te, ó cheia de graça, o Senhor é contigo” (Lc 1,28).

Andre L F Crupelati
Andre L F Crupelati

São Luís Maria Grignon de Montfort nos escreveu que: “Deus reuniu todas as águas e chamou de ‘mar’, reuniu todas as graças e as chamou de ‘Maria’”Acontece que muitas vezes acabamos esquecendo de pedir ou confiar em Nossa Senhora como nossa intercessora. Quando convidamos Maria para ser nossa fonte de graças, estamos convidando também o próprio Deus, assim como podemos ver nas Bodas de Caná (Jo 2,1-12), Maria sendo uma convidada, se põe em movimento, a serviço e age no momento certo. Assim que percebe que falta vinho naquela núpcias, ela fala a seu filho Jesus: "Eles não têm mais vinho", na certeza que Ele poderia conceder a graça de restituir a alegria dos noivos e seus convidados. A princípio Jesus responde “Mulher, que importa isso a mim e a ti? Minha hora ainda não chegou”. Mas na certeza que seu pedido seria atendido, Maria fala aos serventes: “Fazei tudo o que ele vos disser”. Jesus que nunca resiste aos pedidos de sua mãe, opera seu primeiro milagre transformando a água em vinho. Podemos ver que quando é para o nosso bem, Deus sempre concede as graças que suplicamos, que foram levadas até Ele pelas mãos de Nossa Senhora. 

Nas aparições a Santa Catarina de Labouré em 1830, a Santíssima Virgem revela em Suas mãos anéis revestidos de belíssimas pedras preciosas, das quais saem raios luminosos, Nossa Senhora explica que “Estes raios são o símbolo das graças que Eu derramo sobre as pessoas que me pedem”. Mas muitos, por falta de fé, confiança ou amor acabam esquecendo de pedir. Podemos ver o quão é agradável a Nossa Senhora de nos conceder as graças que tanto precisamos, o quanto ela é generosa, e como ela é essa fonte inesgotável de graças.Leia MaisA mensagem da Medalha MilagrosaNossa Senhora das Graças e a Medalha Milagrosa

Deus quer derramar, através de Nossa Senhora, infinitas graças, e nós precisamos somente amá-la, orar, pedir e confiar em sua poderosa interseção de Rainha e Mãe. “Ó Maria concebida sem pecado, rogai por nós que recorremos a Vós”.

André Luís Fernandes Crupelati
Associado da Academia Marial

Bibliografia

MONTFORT, São Luís Maria Grignon de. Tratado da Verdadeira Devoção à Santíssima Virgem Maria. São Paulo. Paulus. 2017.

MONTFORT, São Luís Maria Grignon de. O Segredo de Maria: sobre a escravidão da Santíssima Virgem. São Paulo. Paulus. 2018.

http://www.chapellenotredamedelamedaillemiraculeuse.com/apparitions-et-medaille/27-novembre-1830/. Acessado em novembro de 2020.

Seja o primeiro a comentar

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Academia Marial, em Palavra do Associado

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.

Bem vindo!


Para completar seu cadastro, por favor, verifique seu e-mail e defina sua senha.
Caso não encontre o e-mail na sua caixa de entrada, por favor, verifique na caixa de SPAM/TRASH/LIXO ELETRÔNICO.