Por Jovens de Maria Em Crescendo na Fé Atualizada em 25 ABR 2019 - 08H10

Por que Moisés não podia olhar para a sarça ardente?

Neste mês, a Jornada Bíblica do Santuário Nacional de Aparecida está refletindo sobre o episódio do primeiro chamado de Moisés. Foi quando apareceu pra ele uma sarça ardente, para a qual ele não podia olhar diretamente.

shutterstock
shutterstock

Bem. Antes de explicar o porquê de Moisés cobrir o rosto diante de tal fenômeno, vamos recordar o trecho bíblico que conta essa história:

Moisés estava pastoreando o rebanho do seu sogro Jetro, sacerdote de Madiã. Levou o rebanho além do deserto e chegou ao Horeb, a montanha de Deus. Aí o mensageiro de Javé apareceu a ele numa chama de fogo do meio de uma sarça.

Moisés olhou e viu a sarça, que ardia no fogo, mas não se consumia. E disse: “Vou me dirigir até lá para ver essa grande visão. Por que será que a sarça não se queima?”. Javé viu que Moisés se dirigia para olhar.

Do meio da sarça, Deus chamou: “Moisés! Moisés!” Ele respondeu: “Eis-me aqui”. Deus disse: “Não se aproxime. Tire as sandálias dos pés, porque o lugar onde você está é solo sagrado”. E continuou: “Eu sou o Deus do seu pai, o Deus de Abraão, Deus de Isaac, Deus de Jacó”. Moisés cobriu o rosto, pois teve medo de olhar diretamente para Deus. (Êxodo 3, 1-6)

Pra começar: você sabe o que é uma sarça?

É uma espécie de árvore ou arbusto. Pra ficar bem claro, pense numa árvore de framboesa ou amora-silvestre. É bem por aí.

Então, Moisés estava cuidando das ovelhas e, de repente, viu uma árvore desta espécie pegando fogo. E o que era diferente? É que seus galhos e suas folhas não se consumiam, não estavam virando cinzas. Foi exatamente isso que chamou a atenção de Moisés e o fez querer se aproximar para entender melhor o que estava acontecendo.

É neste momento que Deus, percebendo que Moisés iria se aproximar e olhar diretamente para a sarça ardente, o chama rapidamente e o manda não se achegar.

Por que Deus manda Moisés não se aproximar?

Apesar do texto bíblico mencionar primeiramente que “um mensageiro de Deus apareceu a ele numa sarça”, podemos perceber posteriormente que não se trata apenas de um Anjo Mensageiro, mas da presença do próprio Deus. Pois é Ele mesmo que mantém um diálogo direto com Moisés nos versículos seguintes.

Bem, se tratando do próprio Deus presente naquela sarça ardente, um homem não poderia olhar diretamente e, muito menos, se aproximar demais. Isso porque, em vários trechos do Antigo Testamento, fica claro que essa atitude pode ser perigosa. Por quê?

Segundo a Bíblia Jovem (Linha YouCat - Edições Paulus), “não porque Deus quer fazer mal aos seres humanos, mas porque a presença do sagrado é tão diferente e intensiva que um encontro muito íntimo sobrecarrega os seres humanos”.

Vamos pular para o Novo Testamento e lembrar-nos de três episódios:

- Transfiguração de Jesus (Mateus 17): Pedro, Tiago e João, ao ouvirem a voz de Deus e presenciarem a transfiguração de Jesus, caíram com o rosto por terra e tiveram medo.

- Ressurreição de Jesus (Mateus 28): Quando o anjo aparece no sepulcro de Jesus depois de ressuscitado, os guardas também caem ao chão e ficam como mortos.

- Conversão de Saulo (Atos dos Apóstolos 9): Quando Saulo ouve a voz de Deus a falar com ele, cai por terra e ao ver a luz brilhante de Deus, e fica cego.

Ou seja, a força e a limitação humana não são capazes de suportar ou compreender tamanha santidade, beleza e grandeza. Por isso que Deus envia sinais para se manifestar a nós. Ou, como no caso de Moisés, em que se manifestou grandiosamente, pediu que Ele não se aproximasse.

:: Conheça mais sobre essa passagem no Círculo Bíblico


4 Comentários

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Anterior
Próximo
Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Jovens de Maria, em Crescendo na Fé

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.