Por Jovens de Maria Em Notícias Atualizada em 15 MAR 2019 - 11H22

12 animais que você pode encontrar no Santuário

O Santuário Nacional de Aparecida é todo adornado por diversos tipos de arte sacra, que é carregada de simbolismos. Para você conhecer um pouquinho mais desta riqueza artística e também ficar por dentro das curiosidades do maior santuário mariano do mundo, listamos 12 animais que você pode encontrar na arte do Santuário. 

1- Camelo (Morro do Presépio)

Felipe Guimarães
Felipe Guimarães

Com peças de Alexandre Moraes, o Morro do Presépio, localizado no complexo do Santuário de Aparecida, possui mais de 7.345 metros de comprimento. Ele é composto por mais de 70 estátuas em tamanho real e conta toda a história do nascimento de Jesus.

2- Ovelha (Capela da Ressurreição)

Thiago Leon
Thiago Leon

A Capela da Ressurreição abriga os restos mortais de Bispos e Arcebispos de Aparecida e fica localizada ao final da Arcada dos Apóstolos. Um grande painel apresenta a figura do Bom Pastor, que acolhe suas ovelhas, acompanhada da inscrição Alfa e Ômega, que significa que Jesus é o Princípio e o Fim de toda a vida humana. 

3- Cordeiro (Capela do Batismo)

Thiago Leon
Thiago Leon

A Capela do Batismo é localizada ao final da Arcada dos Apóstolos, do lado oposto ao da Ressurreição. No barrado de sua cúpula, há uma procissão de cordeiros, com um cordeiro central cercado por Alfa e Ômega, simbolizando Jesus, o Cordeiro Imolado, do qual jorra a água da vida.

4- Jumento (Painel Nave Sul)

Thiago Leon
Thiago Leon

No alto das paredes da Nave Sul do Santuário, é possível avistar uma série de painéis de azulejos, que contam episódios da infância de Jesus. Neste, a fuga da Sagrada Família para o Egito.

5- Cavalo (Painel do Nicho)

Thiago Leon
Thiago Leon

Na subida para o nicho, há um painel que retrata os milagres mais famosos alcançados por meio da intercessão de Nossa Senhora Aparecida. A imagem central mostra o milagre do cavaleiro. Certo homem, que zombava da devoção a Nossa Senhora, um dia subiu em seu cavalo e quis entrar na igreja. As patas do animal ficaram presas no primeiro degrau da escada.

6- Serpente (Hall da Torre Brasília)

Thiago Leon
Thiago Leon

Na entrada da Torre Brasília, há este painel que retoma a figura de Maria retratada no Apocalipse, que pisa sobre a cabeça da serpente.

7- Vaca (Painel das Mulheres – Nicho)

Na entrada do Nicho de Nossa Senhora de Aparecida, há o painel com importantes personagens femininas da Bíblia. Miriam era irmã de Moisés e liderou as mulheres de Israel durante a saída do Egito e a travessia do Mar Vermelho. 

8- Peixes (Nicho de Nossa Senhora Aparecida)

Em vários locais do Santuário, é possível perceber presente na arte sacra os peixes. Estes animais lembram a pesca milagrosa dos três pescadores, que encontraram a imagem de Nossa Senhora Aparecida, e também todas as graças alcançadas por meio de sua intercessão até os dias de hoje. Os peixes podem ser vistos até mesmo no nicho onde fica a imagem original.

9- Pássaros (Cúpula)

Thiago Leon
Thiago Leon

No mosaico da Cúpula Central do Santuário, estão presentes 42 pássaros, de 12 espécies diferentes da fauna brasileira. Eles representam todos os peregrinos que visitam o Santuário Nacional e encontram na Casa da Mãe um local para se refugiar.

10 – Lobo Guará (Baldaquino Nordeste)

O Baldaquino Nordeste traz a representação da fauna e da flora predominantes da região sudeste, destacando o bioma da Mata Atlântica. O lobo-guará é o maior canídeo da América do Sul.

11 – Flamingo (Baldaquino Noroeste)

No Baldaquino Noroeste são representadas a fauna e a flora da região nordeste. Os flamingos vivem em lagunas rasas, salobras e sem vegetação, e também em áreas à beira-mar. No Brasil, a espécie encontra-se ameaçada de extinção, devido ao estabelecimento de plantações de arroz na região das lagunas.

12 - Macaco Uacari Vermelho (Baldaquino Sudoeste)

Estão representadas no Baldaquino Sudoeste as espécies de animais e plantas da região norte (Bioma Amazônia). O macaco uacari-vermelho é da família dos primatas e vive no extremo oeste da Amazônia. É uma espécie muito rara e, por isso, muito cobiçada por caçadores. Está ameaçado de extinção pela destruição de seu habitat.


1 Comentário

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Anterior
Próximo
Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Jovens de Maria, em Notícias

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.