Por Jovens de Maria Em Notícias Atualizada em 08 ABR 2019 - 10H56

18 devoções marianas dos países da Copa do Mundo

Já que estamos no clima da Copa do Mundo de Futebol, que tal descobrirmos mais sobre as devoções marianas pelo globo? Fizemos uma lista com alguns países que têm seleções no mundial, trazendo como curiosidade devoções marianas, padroeiras, histórias de aparições e de crença popular que revelam como Nossa Senhora está perto do seu povo.

1- Rússia

shutterstock
shutterstock

Nossa Senhora de Kazan - Em 1579, após um incêndio devastar Kazan, Nossa Senhora apareceu a uma menina de nove anos, pedindo-lhe que as ruínas da cidade fossem escavadas. E assim se fez e foi encontrado o ícone de Nossa Senhora de Kazan. A partir daí vários milagres começaram a acontecer e uma grande devoção se espalhou. Depois de uma revolução, o ícone foi roubado. Hoje, ele se encontra na Capela Bizantina, em Fátima, Portugal.

2- Brasil

Thiago Leon
Thiago Leon

Nossa Senhora Aparecida - Nossa Senhora Aparecida foi uma pequena imagem encontrada por três pescadores no Rio Paraíba do Sul. Após a pesca do corpo e da cabeça da Imagem, os pescadores tiveram abundância de peixes. Muitos outros milagres aconteceram em seguida e a devoção foi se espalhando por todo o país. É a Padroeira e Rainha do Brasil.

3- Costa Rica

Nossa Senhora dos Anjos da Costa Rica - Conta-se que uma jovem negra encontrou sobre uma pedra a imagem da Santíssima Virgem com o Menino Jesus nos braços. Levou-a para casa e guardou-a num cofre. No dia seguinte, vê sobre a mesma pedra a imagem da Virgem. Pegou-a novamente e, ao chegar em casa, constatou que ela não estava mais no cofre. Isso se repetiu por vários dias. Assustada, levou o assunto ao pároco. Não acreditando na história, ele pegou a imagem e guardou-a na igreja. No dia seguinte, ela havia desaparecido e foi encontrada novamente sobre a pedra no bosque. Construíram naquele local uma capela para a Virgem. Ela é padroeira e rainha da Costa Rica.

4- Inglaterra


Nossa Senhora do Carmo - São Simão Stock vivia num mosteiro em Cambridge. Certo dia, rezando a Nossa Senhora para que lhes enviassem um sinal de proteção, Maria apareceu-lhe e entregou um escapulário. Desde, então, o uso do escapulário foi se espalhando ao redor do mundo, assim como a devoção a Nossa Senhora do Carmo.

5- Polônia


Nossa Senhora de Częstochowa - Em 1940, um grupo de saqueadores invadiu o Santuário onde ficava uma pintura de Maria. Um dos chefes do exército levantou sua espada contra o quadro e deu dois golpes no rosto de Nossa Senhora. Ao tentar o terceiro golpe, teve a mão paralisada, caído ele e seus companheiros fulminados por um raio. Nesse mesmo ano, o mesmo quadro foi retocado em sua pintura, mas as cicatrizes do rosto de Maria não desapareceram.

6- Alemanha


Nossa Senhora de Schoenstatt - A devoção surgiu em 1914, quando padre José Kentenich, ao fazer uma palestra aos alunos do Seminário em Schoenstatt, fez um convite para rezarem, se consagrarem a Maria e oferecer-lhe sacrifícios, para que a capelinha da Congregação se tornasse um Santuário de graças e um local de manifestação das glórias de Nossa Senhora. Em 1915, ela recebeu o nome de “Mãe Três Vezes Admirável”. No decorrer da história o título se ampliou para “Mãe, Rainha e Vencedora Três Vezes Admirável de Schoenstatt”, mais conhecida no Brasil como: “Mãe e Rainha”.

7- Espanha

Nossa Senhora do Pilar - Segundo a tradição, Nossa Senhora apareceu para São Tiago apóstolo, enquanto estava em missão na Espanha, em Saragoça. A Virgem do Pilar é invocada como refúgio dos pecadores, consoladora dos aflitos, Mãe da Espanha. Sua festa é comemorada dia 12 de outubro.

8- França

Shutterstock
Shutterstock

Nossa Senhora de Lourdes - Nossa Senhora apareceu 18 vezes a uma menina de 14 anos, chamada Bernadete, na cidade de Lourdes. Ela identificou-se: “sou a Imaculada Conceição”. Maria convidou a menina a beber água da fonte. Mas havia só um filete de água suja que escorria perto da gruta. Bernadete foi remexendo na terra e a água foi brotando e aumentando. Até hoje corre abundante. Nela se banham peregrinos e doentes. Sua festa é comemorada em 11 de fevereiro.

9- Portugal

Nossa Senhora da Conceição - “Imaculada Conceição” é um dogma católico que diz sobre a concepção da Virgem Maria sem mancha. Em Portugal, o culto foi oficializado por Dom João IV, em 1640, e é tida como padroeira e rainha de Portugal. Sua festa é comemorada em 8 de dezembro.

10- Argentina

Adrián Melo - Arq. Basílica Nossa Senhora de Luján
Adrián Melo - Arq. Basílica Nossa Senhora de Luján

Nossa Senhora de Luján - A devoção a Nossa Senhora de Luján tem relação com o Brasil. Às margens do rio Luján, os mercadores que vinham de São Paulo fizeram uma parada. No dia seguinte, os bois empacaram e nada os fazia andar. Só depois que o último caixote, justamente o que guardava a imagem, foi retirado do carro, os bois saíram do lugar. Todos entenderam então que era ali que a Virgem queria ficar.

11- Colômbia

Nossa Senhora do Rosário de Chiquinquirá - É uma pintura de Nossa Senhora do Rosário. Deteriorada pelo tempo, milagrosamente, a pintura recuperou as cores e o brilho diante de três mulheres. Pio VII a declarou patrona da Colômbia em 1829. A imagem foi canonicamente coroada em 1919.

12- Uruguai

Nossa Senhora dos Trinta e Três - Quando o Uruguai declarou a independência nacional, foi decretado que a Virgem de Luján deI Pintado receberia o nome de Virgem dos Trinta e Três, passando para a história o confiante e decidido gesto dos 33 valentes soldados que lutaram pela independência. Ela é considerada a padroeira do Uruguai.

13- Peru


Nossa Senhora das Mercês - A devoção a Nossa Senhora das Mercês, tem origem na fundação de Lima, quando os Padres Mercedários chegaram ao país. Esses frades trouxeram a sua Padroeira, a Virgem das Mercês, invocação mariana do século XIII. Ela se tornou a padroeira do Peru.

14- Panamá

Santa Maria de La Antígua - A venerada imagem de Santa Maria La Antígua, de influência bizantina, representa a Mãe de Deus vestindo uma túnica e um manto que cobre totalmente sua cabeça; segura com sua mão esquerda ao Menino Jesus, a quem olha com ternura, e leva em seu manto direito uma flor.

15- Japão

Nossa Senhora de Akita - Em 1973, uma ferida em forma de cruz apareceu na palma da mão esquerda de Irmã Agnes. Depois disso, a freira ouviu uma voz vinda da estátua da Bem-aventurada Virgem Maria na capela onde ela estava rezando. Nossa Senhora falou com a Irmã Agnes algumas vezes lhe dando mensagens. Depois disso, algumas das irmãs notaram gotas de sangue fluindo da mão direita da estátua, suor na testa e pescoço e começou a chorar, em intervalos intercalados.

16- México


Nossa Senhora de Guadalupe - Nossa Senhora de Guadalupe apareceu ao índio Juan Diego. Para tirar a prova de que era verdade, a Virgem Maria pediu a ele que fosse colher flores no monte Tepeyac para apresentar ao bispo local. Como era inverno, não era época dessas flores. Diante do bispo, o índio o abriu seu manto onde tinha guardado as flores e nesse momento, as rosas caíram e, no tecido de sua veste apareceu a imagem de Nossa Senhora de Guadalupe.

17- Suíça

shutterstock
shutterstock

Nossa Senhora de Einsiedeln - O título provém da cidade de Einsiedeln, onde foi construído um Santuário por São Meinrado. Com a constante visita de peregrinos que buscavam seus conselhos, o santo se retirou numa floresta. Apesar do esconderijo, ele foi redescoberto e entendeu que era sua missão atender os fieis. Construiu ali um oratório, onde colocou uma imagem de Nossa Senhora. Em 863, foi assassinado por ladrões. No entanto, a visita ao oratório se perpetuou e logo milagres começaram a acontecer com os peregrinos e a devoção se espalhou.

18- Sérvia


Nossa Senhora das Três Mãos

Nossa Senhora das Três Mãos - Durante uma guerra, São João Damasceno teve a sua mão direita cortada, a qual foi exposta em público. João fez uma oração diante de um ícone da Virgem, prometendo-lhe usar eternamente a sua mão direita para prestar honras à Santíssima Virgem se a sua mão fosse recuperada. Num gesto de gratidão, mandou fazer uma mão de prata e pendurou-a ao ícone. Em seguida mandou pintar o ícone com esta espécie de “ex-voto”, que deu origem ao Ícone da “Virgem das Três Mãos”.

1 Comentário

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Anterior
Próximo
Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Jovens de Maria, em Notícias

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.